CP e Metro de Lisboa lideram queixas nos transportes

Operadores receberam 8 mil queixas no primeiro semestre de 2017.
Por Lusa|22.12.17
A Autoridade da Mobilidade e dos Transportes (AMT) recebeu no primeiro semestre deste ano, diretamente ou por via de livros de reclamações, 8.158 queixas, a maioria das quais nos setores rodoviário e ferroviário, que totalizaram 88,5%.

De acordo com o relatório sobre reclamações no mercado público da mobilidade e dos transportes, divulgado esta sexta-feira, do total das queixas, 7.519 dizem respeito a inscrições no livro de reclamações dos diversos operadores e prestadores de serviços e as restantes 639 foram recebidas diretamente no organismo, o que representa uma diminuição de 20,7% face ao anterior semestre. Estes dados não têm em conta as queixas enviadas através de meios eletrónicos.

No primeiro semestre de 2017, assim como nos semestres anteriores, os setores rodoviário e ferroviário representaram a maioria das reclamações, com, respetivamente, 47,1% e 41,4%.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!