Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
7

CUF Infante Santo dá lugar ao novo CUF Tejo

Plano de 200 milhões de euros.
19 de Novembro de 2015 às 13:23
Salvador de Mello sublinhou que o CUF Tejo vai ser "uma referência para as outras unidades"
Salvador de Mello sublinhou que o CUF Tejo vai ser 'uma referência para as outras unidades' FOTO: Helena Poncini

O presidente da José de Mello Saúde apresentou esta quinta-feira um plano de investimentos num valor superior a 200 milhões de euros que inclui um novo hospital em Lisboa em 2018 (CUF Tejo) e a expansão de várias unidades.


O CUF Tejo, localizado em Alcântara, vai começar a ser construído no último trimestre do próximo ano e substituirá o CUF Infante Santo a partir do segundo semestre de 2018, num investimento total de cerca de 100 milhões de euros, afirmou Salvador de Mello.


O plano do grupo prevê ainda a expansão das unidades de Lisboa, Cascais e Torres Vedras até 2018, com destaque para o aumento da capacidade da CUF Descobertas em 50%, que vai custar cerca de 50 milhões de euros.


Em 2016 vai ser aberto um novo hospital em Viseu e Salvador de Mello admite que o grupo pode vir a marcar presença noutras regiões.

"Estamos atentos a oportunidades de crescimento que possam surgir", salientou, sem especificar quais as zonas com mais interesse para a José de Mello Saúde.


Salvador de Mello sublinhou que o CUF Tejo vai ser "uma referência para as outras unidades" do grupo e será um hospital virado para as necessidades do futuro e para as doenças do futuro relacionadas com o envelhecimento da população.


O novo hospital, com uma área três vezes maior do que o CUF Infante Santo, terá mais de 75 mil metros quadrados e dez pisos, quatro dos quais subterrâneos, com 800 lugares de estacionamento.

CUF Infante Santo CUF Tejo
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)