Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

Evian, Nestlé e San Pellegrino entre marcas de água contaminadas com plástico

Água da torneira é mais segura que a engarrafada, diz estudo realizado em nove países.
Lusa 15 de Março de 2018 às 12:36
Estudo revela riscos de água engarrafada em plástico
Estudo revela riscos de água engarrafada em plástico
Estudo revela riscos de água engarrafada em plástico
Estudo revela riscos de água engarrafada em plástico
Estudo revela riscos de água engarrafada em plástico
Estudo revela riscos de água engarrafada em plástico
Estudo revela riscos de água engarrafada em plástico
Estudo revela riscos de água engarrafada em plástico
Estudo revela riscos de água engarrafada em plástico
A água engarrafada de grandes marcas mundiais está contaminada com partículas de plástico minúsculas cujos efeitos na saúde são pouco conhecidos, segundo um estudo divulgado esta quinta-feira

A investigadora Sherri Mason, da universidade estadual de Nova Iorque, afirmou que foram analisadas 250 garrafas de nove países: Brasil, China, Estados Unidos, Índia, Indonésia, Quénia, Líbano, México e Tailândia.

Plástico foi encontrado em 93% das garrafas de água de marcas como a Evian, Nestlé, San Pellegrino, Aqua ou Aquafina, mais concretamente polipropileno, nylon e politereftalato de etileno.

"Creio que isso resulta do processo de engarrafamento. A maior parte do plástico provem da própria garrafa, da tampa, do processo industrial de engarrafamento", disse Sherri Mason à agência France Presse.

Sherri Mason afirmou que "há uma relação com certos tipos de cancro, a diminuição da quantidade de espermatozoides ou a incidência de certas doenças, como o autismo ou défice de atenção".

Em outro estudo também publicado na plataforma Orb Media tinha-se demonstrado que também há partículas de plástico na água da rede pública, mas não tanto.

"A água da torneira, globalmente, é mais segura do que a água engarrafada", considerou Sherri Mason.
Ver comentários