Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
4

Incidência mais elevada da Covid-19 no grupo etário dos 30 aos 35 anos e mais baixa nos idosos a partir dos 85 anos

Número de novos casos de infeção por Covid-19 por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias foi de 74.
Correio da Manhã 23 de Abril de 2021 às 18:30
Coronavírus em Portugal
Coronavírus em Portugal FOTO: Vítor Mota

Já é conhecido o mais recente relatório de monitorização da slinhas vermelhas para a Covid-19, processado pelo Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA) e pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

De acordo com os dados mais recentes, o número de novos casos de infeção por Covid-19 por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias foi de 74 novos casos, o que corresponde a uma tendência estável a nível nacional.

A incidência mais elevada de casos verificou-se no grupo etário entre os 30 e os 35 anos (122 casos por 100 mil). Em oposição, a incidência mais baixa foi registada no grupo etário dos 85 anos (36 casos por 100 mil), o que, de acordo com o relatório, "reflete um risco de infeção muito inferior ao risco da população em geral".

Relativamente ao índice de transmissão, o Rt apresentou valores de 0,98 a nível nacional e em várias regiões do continente, exceptuando o Norte, onde o índice se encontra nos 1,07.

"Considerando o valor de Rt médio dos últimos 5 dias, que indica uma tendência decrescente, poderá atingir-se a incidência de 60 casos por 100 000 habitantes no prazo de um a dois meses", pode ler-se no documento.

Em termos de doentes internados em unidades de cuidados intensivos no continente, os valores revelam uma tendência "ligeiramente decrescente e estável".

A proporção de testes positivos ao novo coronavírus foi de 1,3%, um valor abvaixo do objetivo definido (4%).

Com base na sequenciação genómica de amostras recolhidas em março, estima-se que a prevalência de casos de infeção por SARS-CoV-2/ COVID-19 em Portugal da variante B.1.1.7 (associada ao Reino Unido) seja, naquele período, de 82,9%. Os dados de sequenciação relativos a abril serão disponibilizados dentro de dias.

Variantes da doença
Foram identificados 54 casos da variante de África do Sul, responsável por 2,5% dos casos. Foram também confirmados 29 casos da variante de Manaus, no Brasil, cuja prevalência estimada em março foi de 0,4%.

Já a variante do Reino Unido foi responsável por 82,9% dos casos com base nas amostras recolhidas em março.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Covid-19 DGS Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge Direção-Geral da Saúde INSA infetados casos
Ver comentários