Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
7

IPO de Lisboa gasta um milhão de euros por semana em medicamentos

Em 2018 foram gastos 50 milhões de euros em fármacos, mais 10 milhões do que em 2017.
Lusa 23 de Dezembro de 2018 às 05:03
IPO de Lisboa
IPO de Lisboa
IPO de Lisboa
IPO de Lisboa
IPO de Lisboa
IPO de Lisboa
IPO de Lisboa
IPO de Lisboa
IPO de Lisboa
IPO de Lisboa
IPO de Lisboa
IPO de Lisboa

A despesa com medicamentos tem "crescido muito depressa", representando cerca de um milhão de euros por semana no Instituto Português de Oncologia (IPO) de Lisboa, segundo o seu presidente, que defende regras para travar os preços dos novos fármacos.

Em 2016, o instituto gastou 37 milhões de euros em medicamentos, em 2017, 40 milhões e este ano vai aproximar-se dos 50 milhões de euros, ou seja, cerca de um milhão de euros por semana em medicamentos, afirmou em entrevista à agência Lusa o novo presidente do IPO de Lisboa, João Oliveira, que assumiu o cargo em novembro.

"A despesa com os medicamentos tem crescido muito depressa, e não é só no instituto de oncologia, mas na oncologia particularmente, e tem sido muito difícil uma previsão feita agora é muitas vezes falseada nos meses que se seguem de uma maneira completamente imprevisível", adiantou o médico oncologista.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)