Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
9

Lula gigante em Sesimbra

Tem 6,5 metros e pesa 50 quilos. Molusco foi apanhado a 500 metros da costa
19 de Julho de 2013 às 01:00
Lula gigante foi apanhada a 15 metros de profundidade
Lula gigante foi apanhada a 15 metros de profundidade FOTO: Direitos reservados

Quando ontem Eduardo Pinto, de 50 anos, mais conhecido em Sesimbra por ‘mestre Xixa', lançou as redes ao mar, por volta das 04h00 madrugada para apanhar pescadas e sargos, não imaginava que viesse também à rede uma lula gigante de 6,5 metros de comprimento: a maior que já se viu em Sesimbra, garantem. Para colocar a lula no barco (de 5 metros), ‘mestre Xixa' teve primeiro de cortar-lhe a cabeça, porque não cabia inteira na embarcação. O molusco foi apanhado a 15 m de profundidade e a 500 m de distância da costa.

"Quando puxei a rede, era um peso enorme. Até pensei que fosse um bicho estranho. Nunca se viu nada assim em Sesimbra. É inacreditável. É raro apanhar-se uma lula gigante a pouca profundidade e tão perto da costa", disse ao Correio da Manhã o pescador, que já deu destino à lula: o almoço de hoje. "Não tive propostas de compra. Uma lula sem cabeça é desvalorizada. Na lota era vendida a um euro o quilo, o que dava uns 50 euros. Cortei-a aos bocados e distribui pelos amigos. Fiquei com cerca de 12 quilos. Amanhã [hoje] vamos fazer um almoço no porto de abrigo para comemorar a pesca. A lula é boa para cozinhar, pode ser guisada com feijão, ou frita, por exemplo", explicou o ‘mestre Xixa'.

A lula gigante atraiu muitos curiosos ao porto de abrigo de Sesimbra, que não quiseram perder a oportunidade de registar o acontecimento, através de vídeo e fotografia. O molusco esteve em exposição no cais do porto de abrigo até ao final da manhã para que todos pudessem ver a lula gigante com os próprios olhos. Apesar de "muito contente" com a pesca, o ‘mestre Xixa' não deixa de lamentar o prejuízo que teve com o rompimento da rede de pesca. "Não consegui apanhar a lula só com uma rede e precisei de uma de um colega. A rede acabou por rasgar-se e vou ter de comprar uma nova, custa cerca de 200 euros", referiu Eduardo.

As lulas "são animais de profundidades de mais de mil metros. O canhão de Setúbal, que está perto da costa, pode explicar o aparecimento destes animais. Não é um acontecimento novo, mas é raro. As lulas podem estar doentes ou feridas, devido às redes de pesca, e andarem à deriva para mais próximo da costa", explicou ao CM o biólogo marinho Emanuel Gonçalves, acrescentando que a maior lula gigante deve medir cerca de 14 metros.

LEIA MAIS NA EDIÇÃO EM PAPEL DO JORNAL 'CORREIO DA MANHÃ'

lula gigante sesimbra
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)