Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
8

Ministério da Educação e sindicatos negoceiam inglês no 1.º ciclo

Federação Nacional da Educação concorda com a criação do grupo de recrutamento 120.
Cláudia Machado 2 de Setembro de 2014 às 12:57
crianças, escola, aulas, sala de aula
crianças, escola, aulas, sala de aula FOTO: Pedro Catarino

A primeira ronda de negociações entre o Ministério da Educação e os representantes sindicais com o objetivo de avançar para a criação do grupo de recrutamento 120, correspondente à contratação de docentes para lecionar inglês no 1.º ciclo, decorreu esta terça-feira, no Palácio das Laranjeiras, em Lisboa.

João Dias da Silva, da Federação Nacional da Educação, explicou não existirem ainda conclusões por se tratar de um primeiro encontro e afirmou ainda ter de escutar "aquilo que é o fundamento do Ministério", mas avançou que "quem garante o ensino desta disciplina tem de ter formação específica" e que "deve ser criado este grupo de recrutamento como já existe na Região Autónoma da Madeira".

Também Manuel Monteiro, do Sindicato Nacional dos Professores Licenciados pelos Politécnicos e Universidades, garante que o organismo é "a favor da pluridocência" no 1.º ciclo do Ensino Básico, até porque desta forma "começava a ser possível atribuir a mesma carga horária para todos os professores".

Já Júlia Azevedo, do Sindicato Independente de Professores e Educadores, dá parecer positivo à "criação deste grupo", mas sublinha discordar "das habilitações que são exigidas" por se tornarem numa "formação complementar desnecessária para professores" que completaram os seus estudos. O próximo encontro está marcado para segunda-feira, dia 8 de setembro.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)