Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
9

Mudar a hora acaba em outubro de 2021

Comissão Europeia determinou manutenção do sistema atual por mais dois anos.
João Saramago 26 de Outubro de 2019 às 01:30
Relógio
Relógio
Relógio
Relógio
Relógio
Relógio
Relógio
Relógio
Relógio
Relógio
Relógio
Relógio
Relógio
Relógio
Relógio
Este domingo, em Portugal Continental e na Madeira, às duas horas da manhã foi momento de atrasar os relógios 60 minutos, passando para a 01h00. Nos Açores a mudança é foi à 01h00, passando para a meia-noite.

A hora voltará a mudar a 29 de março de 2020, com o regresso ao regime de verão. A mudança sazonal da hora tem, contudo, os dias contados. Por decisão da Comissão Europeia termina em outubro de 2021.

O antigo diretor do Observatório Astronómico de Lisboa (OAL), Rui Agostinho, esclareceu que "em outubro de 2021, Portugal irá decidir se quer ter a hora legal pelo meridiano de Greenwich. Se o fizer deverá, no último domingo de outubro de 2021, atrasar uma hora. Se, pelo contrário, optar pela UTC +1 (Hora da Europa Central) não muda a hora. A partir de outubro de 2021 não haverá mais mudanças da hora".

Para Rui Agostinho, há impactos a ter em conta com o fim da mudança sazonal: "Se for mantida a hora de verão, em dezembro será noite até às 9h00. As crianças irão sonolentas para a escola."

O OAL realizou o estudo ‘A Escolha da Hora Legal’ no qual foi defendida a manutenção do atual sistema de mudança sazonal da hora. A mudança da hora foi pela primeira vez adotada durante a Primeira Guerra Mundial e tinha por objetivo a poupança de combustível.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)