Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
1

Soflusa aponta 55% de adesão à greve

Sindicato fala em números a rondar os 75%.
21 de Setembro de 2015 às 10:41
Trabalhadores exigem a revisão da massa salarial
Trabalhadores exigem a revisão da massa salarial FOTO: Pedro Catarino

A empresa Soflusa, responsável pelas ligações fluviais entre o Barreiro e Lisboa, anunciou esta segunda-feira uma taxa da adesão à greve parcial na empresa de 55%, enquanto o sindicato fala em valores na ordem dos 75%.

Os trabalhadores da Soflusa iniciaram esta segunda-feira uma greve parcial de três dias, três horas por turno, que afeta as ligações fluviais entre as duas margens do Tejo, em especial, nos períodos das horas de ponta da manhã e da tarde.

"Para além dos serviços mínimos, foi possível assegurar [hoje] a ligação entre o Barreiro e Lisboa durante o período da greve com um navio. As ligações foram retomadas com normalidade cerca das 09h30", disse à Lusa fonte oficial da empresa.

Segundo a mesma fonte, a adesão à greve no período da noite/manhã foi de 55%, ao nível da área comercial e operacional.

Os trabalhadores da empresa, que já cumpriram na semana passada dois dias de greve parcial, exigem uma revisão da massa salarial.

Sindicato fala em números superiores
Carlos Costa, do Sindicato dos Transportes Fluviais Costeiros e Marinha Mercante, afeto à Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações (FECTRANS), confirmou à Lusa que as ligações foram retomadas pelas 09h30.

"Durante a manhã esteve a circular apenas um navio, com uma tripulação não aderente à greve. Segundo os dados que temos disponíveis, a adesão à greve neste primeiro período foi de 75%", disse à agência Lusa.

Segundo o sindicalista, as ligações vão parar de novo no período da tarde, a partir das 17h35, e devem regressar à normalidade cerca das 21h45.
Greve Soflusa adesão ligações Barreiro Lisboa FECTRANS transportes transporte marítimo e fluvial
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)