Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
7

Espectadora liga para a SIC em direto para perguntar sobre salário de Cristina

Apresentadora troca TVI por Carnaxide já em Setembro.
23 de Agosto de 2018 às 20:41
Cristina Ferreira troca TVI pela SIC já em setembro
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
A vida de Cristina Ferreira na TVI
Cristina Ferreira troca TVI pela SIC já em setembro
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
A vida de Cristina Ferreira na TVI
Cristina Ferreira troca TVI pela SIC já em setembro
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
A vida de Cristina Ferreira na TVI

Uma espectadora telefonou para a SIC, esta quinta-feira, para questionar sobre a contratação de Cristina Ferreira por parte da estação de Carnaxide. No ar estava um programa em direto onde as pessoas telefonam para darem as suas opiniões: o tema era "Salário Igual para Homens e Mulheres".

"Eu só queria fazer uma pergunta, mais nada. Acreditando na comunicação social, foi supostamente "roubada" à TVI uma trabalhadora para a SIC", refere a telespectadora, que se apresentou como Maria Rodrigues, de 65 anos.

"Eu gostaria de saber se ela vai auferir o mesmo salário que as suas colegas com habilitações iguais ou superiores e qual foi o critério. Pode dizer-me?", acrescentou.

A jornalista apenas respondeu: "Não posso dizer, Maria Rodrigues, porque desconheço o caso. De qualquer das formas registamos a pergunta… é um programa em aberto para ouvir as pessoas. Não tenho capacidades para responder".

De lembrar que Cristina Ferreira troca a TVI pela SIC e assina um contrato milionário. O CM sabe que a estrela vai ganhar cerca de um milhão de euros por ano, ou seja, 80 mil euros/mês, o que a torna na apresentadora mais bem paga em Portugal. Cristina Ferreira passará a ser o elemento mais bem pago do grupo Impresa (dono da SIC e do ‘Expresso’).

Em 2017, Francisco Pedro Balsemão, presidente da empresa, recebeu 280 mil euros, enquanto o seu pai, Francisco Pinto Balsemão, teve uma remuneração bruta de 291 mil euros (106 mil de salário, ao que se somou quase 185 mil do fundo de pensões).

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)