Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
1

Jeffrey Dean Morgan: “Recebo muitos emails estranhos”

Ator está em Portugal com a comitiva The Walking Dead Euro Tour e disse ao CM que graças ao papel de Negan nunca mais conseguiu passear na rua incógnito
Sónia Dias 8 de Março de 2017 às 21:50
O ator Jeffrey Dean Morgan
O ator Jeffrey Dean Morgan FOTO: FOX Networks Group Portugal

"Esta série tem algo de muito especial. Quando estamos a gravar é como se vivessemos numa pequena bolha. Sempre fui fã de ‘The Walking Dead’, mas nunca me tinha apercebido da sua dimensão", revelou ao CM Jeffrey Dean Morgan, que interpreta o vilão Negan na série de culto. "Até hoje conseguia passear na rua sem ser abordado por estranhos ou sem gritarem o meu nome, tocarem-me ou beijarem-me. Mas a verdade é que existe uma relação muito especial entre os fãs e a série. É algo totalmente diferente daquilo que já fiz. Além disso, recebo muitos emails estranhos...", continua o ator que veio a Portugal para um encontro com os fãs, acompanhado por Andrew Lincoln e Norman Reedus, que vestem a pele de Rick e Daryl, respetivamente, e com Greg Nicotero, produtor-executivo e responsável pelos efeitos visuais da série.

"Participar num projeto em que todos são apaixonados pelo seu trabalho, é algo incrível, sobretudo quando se trata de um trabalho que já dura há sete anos. Para mim tem sido muito refrescante. Somos uma grande família", revelou.

Jeffrey Dean Morgan, 50 anos, disse que estava a fazer ‘The Good Wife’ quando lhe ligaram a perguntar se estaria interessado em interpretar o vilão da série. "Disse imediatamente que sim. De repente, dei por mim em Atlanta (Georgia) dentro de uma caravana. Só quando me disseram que ia interpretar Negan e me entregaram 12 páginas de monólogo para o primeiro episódio da sétima temporada é que comecei a pensar no que me estava a meter. Foi aí que começou a pressão", recorda o ator, que contou com o apoio incondicional do restante elenco para cumprir o seu papel.

Sobre o passado de Negan, o maior vilão que ‘The Walking Dead’ já conheceu, Jeffrey Dean Morgan revela: "Era casado, a mulher chamava-se Lucille. Ele estava a ter um affair quando descobriu que ela tinha cancro. Decidiu, por isso, por fim à relação extraconjugal, para a poder acompanhar no hospital. Foi então que se deu o apocalipse zombie. Ele era professor de Educação Física especialista em ping pong. Esse era, basicamente, o passado de Negan. Em muitos aspetos era um tipo normal".

Sobre o vilão Negan, Jeffrey Dean Morgan diz que o casaco de cabedal e o bastão de basebol com arame farpado – ao qual chama Lucille - são dois adereços que o ajudam a entrar no personagem. "O mais difícil é decorar os diálogos, pois ele fala demais. Ao fim do dia basta-me despir o casaco para esquecer o Negan. Sou pai, tenho um filho pequeno, por isso não posso levar o Negan para casa, isso está fora de questão", adiantou o ator.

jeffrey dean morgan negan the walking dead norman reedus greg nicotero andrew lincoln
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)