Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
5

Telecomunicações em Portugal custam o dobro

Conclusões são de três estudos da Comissão Europeia.
Sandra Rodrigues dos Santos 28 de Outubro de 2015 às 11:39
Além de pagarem mais, os consumidores nem sempre obtêm a velocidade de internet publicitada
Além de pagarem mais, os consumidores nem sempre obtêm a velocidade de internet publicitada FOTO: Stephane Mahe/Reuters
A banda larga está mais acessível em Portugal, com os preços a descerem 12% entre 2012 e 2015, mas os portugueses continuam a pagar mais do dobro pela subscrição de pacotes com televisão, internet e telefone fixo. As conclusões são de três estudos da Comissão Europeia.

"Analisando de perto os preços de banda larga em Portugal, podemos concluir que as ofertas mais baratas são sempre mais caras do que a média da UE", lê-se no estudo sobre os custos da internet.

O mesmo documento adianta que "o preço dos pacotes de três serviços mais baratos com uma velocidade de internet superior a 100 Mbps é mais do dobro da média da UE".

Além de pagarem mais caro, os consumidores estão a obter apenas 75% da velocidade de download publicitada pelos operadores de comunicações. Ainda assim, os estudos destacam as melhorias concretizadas a nível da cobertura de banda larga móvel de alta velocidade, tendo passado de 59,1% em 2013 para 79,4% em 2014.

Os documentos da Comissão Europeia elogiam, igualmente, o desempenho ao nível do acesso a tecnologias, em particular de FTTx – sistema de envio de fibra ótica – no qual Portugal lidera a lista dos países analisados, atingindo 115,64% da velocidade publicitada.
Portugal Comissão Europeia banda larga internet download fibra ótica
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)