Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
1

QUERO TER CAPACIDADE PARA FAZER QUALQUER PAPEL

Vera Kolodzig, actriz, conhecida pelo papel de ‘Teresa’, protagonista da telenovela ‘Jardins Proibidos’, está de férias em Portugal. O teatro, a sua grande paixão, levou-a a escolher Londres para estudar a arte de representação.
9 de Agosto de 2004 às 00:00
Correio da Manhã – Como é que está a correr o curso de representação que está a tirar em Inglaterra?
Vera Kolodzig – O curso de representação que estou a tirar é de três anos e terminei agora o primeiro. Foi um ano excelente em que aprendi os diferentes métodos na área do teatro, mas também da música, movimento e dança. Agora estou de férias, mas já ansiosa por começar outra vez.
O que a levou a escolher Inglaterra para estudar?
Adoro teatro e sempre tive ideia de ir para lá, para aprender mais na área que me apaixona. É um país onde podemos adquirir óptimas bases nessa área e, como gosto de representar, decidi que a East 15 Acting School, em Londres, seria uma boa escolha.
Em que consiste o curso?
Consiste em adquirir uma grande técnica de representação. No primeiro ano interpretamos algumas peças de teatro, mas que são apresentadas só na escola. No segundo ano pomos mais em prática o profissionalismo que aprendemos e, no terceiro, somos actores profissionais, com o ano cheio de espectáculos.
Como é que começou a representar?
Desde pequena que queria ser actriz. Fiz o meu primeiro anúncio publicitário aos seis anos, participei no ‘Mini Chuva de Estrelas’ e, aos 13, entrei numa companhia de teatro amador, onde aprendi as primeiras noções da interpretação.
Como é que deu o ‘salto’ para as telenovelas?
Soube do ‘casting’ através de uns amigos meus, resolvi tentar e fui escolhida. Entrei na telenovela ‘Jardins Proibidos’, em 2000, e na ‘Filha do Mar’, em 2001. Mas após as telenovelas voltei ao teatro com a peça ‘Confissões de Adolescente’.
Foram papéis que lhe agradaram fazer?
Gostei bastante e tive oportunidade de aprender muita coisa. Foi óptimo poder trabalhar com tão bons actores portugueses.
Sente saudades de representar numa telenovela?
No curso estou sempre a representar na área que gosto, mas seria giro voltar a fazer uma novela.
Que papel gostaria de representar a seguir?
Ainda não pensei nisso. Existem muitas coisas novas que ainda vou experimentar durante o curso. Quero ter capacidade para fazer qualquer papel que me oferecerem, embora talvez seja mais desafiante representar um personagem mauzinho...
Está de regresso a Portugal para uns dias de férias...
Sim, para aproveitar o calor e depois vou regressar a Inglaterra e retomar o curso.
Já tem algum convite para trabalhar no nosso País?
De momento não. Tenho passado muito tempo fora de Portugal devido ao curso, mas se surgir alguma coisa durante a minha estadia, abraçarei da melhor forma.
Como é que foi a adaptação a um país diferente?
Foi fácil, pois as pessoas são bastante acolhedoras, ao contrário do que dizem. Notei alguma diferença na cultura, mas já estou muito bem adaptada.
E saudades de casa?
Tenho muitas saudades de casa, especialmente do mar e do sol.
Já tem projectos futuros?
Primeiro vou acabar o curso de representação, pois falta-me aprender muita coisa, e só depois é que vou poder definir o que quero fazer a seguir. O futuro o dirá...
PERFIL
Vera Kolodzig nasceu a 22 de Abril de 1985 e é natural de Lisboa. Começou a dar os primeiros passos na representação num anúncio publicitário, quando tinha seis anos e, aos 13, entrou para uma companhia de teatro amador. Tornou-se conhecida do público ao interpretar ‘Teresa’, em ‘Jardins Proibidos’ (2000) e ‘Diana’, em ‘Filha do Mar’ (2001), ambas novelas exibidas na TVI.
Aos 19 anos, confessa que adora representar e que a sua grande paixão é o teatro. Participou na peça ‘Confissões de Adolescente’, em que contracenou com Inês Castel-Branco, Dina Félix da Costa e Margarida Vila-Nova. A paixão pela interpretação levou-a até Londres, onde está a tirar um curso de representação, tendo terminado o primeiro ano.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)