Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
4

Sondagens erram e afetam eleições

Candidaturas de Moreira e Pizarro admitem parcialidade a favor do PSD
2 de Outubro de 2013 às 11:00
Rui Moreira
Rui Moreira FOTO: estela silva/lusa

Rui Moreira ganhou a Câmara do Porto, mas a sondagem do ‘Jornal de Notícias’ (JN) dava a vitória a Luís Filipe Menezes, colocando Moreira em 2º lugar e Manuel Pizarro (PS) em 3º.

A candidatura socialista admite ter sido prejudicada pelas sondagens publicadas nos últimos dias de campanha – uma do ‘JN’, com empate técnico entre Menezes e o independente, e outra da Católica para o ‘Diário de Notícias’, com vitória de Moreira. "As eleições foram um referendo a Menezes, e quem mais se aproximasse do PSD tinha o voto útil de indecisos e eleitores de outros partidos", afirmou fonte próxima de Pizarro. Já um elemento da equipa de Moreira referiu ao CM que a candidatura "nunca valorizou os resultados das sondagens". Recordou, no entanto, o estudo da Eurosondagem que em 2005 dava o triunfo a Francisco Assis, mas foi Rui Rio a cantar ‘vitória’.

As duas candidaturas admitem a parcialidade do ‘JN’ a favor de Menezes na pré-campanha.

Rui Oliveira e Costa, administrador da Eurosondagem (responsável pelos estudos publicados no ‘JN’) remeteu explicações para a coluna que escreveu no diário: "A vitória mais do que expressiva de Rui Moreira não foi detetada em nenhuma sondagem, independentemente da dimensão da amostra e da metodologia." No texto, acaba por pedir "desculpa" a Moreira e aos leitores daquele jornal.

O CM tentou contactar a direção do ‘JN’, mas até ao fecho desta edição não obteve resposta. 

sondagens jn rui moreira câmara porto psd
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)