Sub-categorias

Notícia

Proteção Civil confunde explosão com queda de avião

Aparelho tinha sido dado como acidentado durante o combate ao fogo de Pedrógão Grande
20.06.17
A notícia da queda de um avião de combate aos fogos na zona de Pedrógão Grande decorreu de um alarme falso desencadeado pela coordenação de meios aéreos, mas o acidente não se verificou. As primeiras informações davam conta de um acidente entre as localidades de Ouzenda e Louriceira. 

O contacto direto a cada uma das aeronaves envolvidas no combate permitiu concluir que nenhuma tinha sofrido qualquer acidente. 
O secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes, não confirma a queda do avião. 

Avião cai no combate a incêndio de Pedrógão Grande
O alerta oficial da queda lançado para a rede de comunicações levou ao envio de um helicóptero EH 101 da Força Aérea Portuguesa, de busca e salvamento,para participar nas operações para encontrar o avião supostamente acidentado. Também uma dezena de veículos dos bombeiros concentraram-se junto a um posto de combustível, na localidade de Picha, em Pedrógão Grande, a alguns metros de onde testemunhos afirmavam ter visto uma aeronave cair.

A Força Aérea espanhola, que tem dois aviões de combate a incêndios deslocados em Portugal foi a primeira a negar o envovlvimento dos seus aparelhos em qualquer acidente. 

O comandante da Proteção Civil, Vitor Vaz Pinto, referiu a possibilidade da explosão de uma roullote na zona ter induzido ao erro.

"Havia uma 'roullote' abandonada com botijas de gás, e eventualmente isso pode ter explodido», disse.

Uma fonte da Autoridade Nacional de Proteção Civil tinha informado que um avião Canadair de combate aos incêndios, que operava no fogo de Pedrógão Grande, tinha caído hoje à tarde.






pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
Comentário mais votadoEscreva o seu comentário
  • De Generoso20.06.17
    Tudo o que podia correr mal está a correr péssimo...
2 Comentários
  • De claudio.dacruz.1220.06.17
    La Barraca!!!
    Responder
     
     0
    !
  • De Generoso20.06.17
    Tudo o que podia correr mal está a correr péssimo...
    Responder
     
     0
    !

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

Portugal

“Só via bolas de fogo  por todo o lado”

“Só via bolas de fogo por todo o lado”

Celestina Costa, vendedora de peixe, foi apanhada pelas chamas na EN236 e abrigou-se na carrinha refrigerada. Depois ajudou outras pessoas que foram cercadas pelo fogo.

Portugal

PJ cerca bando dos mails

PJ cerca bando dos mails

Todos os envolvidos nas trocas de mails divulgados pelo FC Porto estão na mira da investigação da PJ e do DIAP: do lado do Benfica, da arbitragem e da Liga de Clubes.

pub