"As pessoas atropelaram-se umas às outras na fuga"

Homem que entrou na associação de Tondela testemunhou momentos de pânico.
13.01.18

Um homem que assistiu ao fogo que deflagrou no edifício da Associação Cultural e Recreativa de Vila Nova da Rainha, no concelho de Tondela, contou à CMTV os momentos por que passou quando entrou no edifício para tentar ajudar as vítimas.

António Carvalho conta que se apercebeu-se do fumo que saía do edifício. "Parti vidros das janelas para que o fumo saísse. Depois entrei pela parte de trás e vi pessoas na escadaria. Vi-as amontoadas, estavam muito desorientadas por causa do fumo", conta à CMTV António Carvalho.

A testemunha conta que se tinha instalado um pânico geral entre as pessoas. Na parte de cima estava a decorrer um torneio de sueca. Terão sido estas a sofrer os ferimentos mais graves.

"As pessoas na fuga atropelaram-se umas às outras".

Pelas 23h30 deste sábado, estava confirmada a morte de 8 pessoas e pelo menos 36 feridos.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
Comentário mais votadoEscreva o seu comentário
  • De !14.01.18
    Um edifício onde uma Associação Cultural e Recreativa activa sem qualquer controle num caso destes, ! Tá visto que cada um faz o que lhe apetece. Depois as coisas acontecem claro . Sentimentos familias e amigos . <br/> <br/>
1 Comentário
  • De !14.01.18
    Um edifício onde uma Associação Cultural e Recreativa activa sem qualquer controle num caso destes, ! Tá visto que cada um faz o que lhe apetece. Depois as coisas acontecem claro . Sentimentos familias e amigos .

    Responder
     
     0
    !