Sub-categorias

Notícia

Bombeiros galegos impedidos de combater fogo em Portugal

Jornal espanhol diz que ajuda de grupo de 60 bombeiros florestais foi dispensada.
20.06.17
As autoridades da Galiza, na vizinha Espanha, formaram um grupo de 60 bombeiros florestais que, voluntariamente, se ofereceu para vir a Portugal ajudar a combater os incêndios que têm fustigado o centro do país, mas acabou por ser impedido de o fazer pelas autoridades portuguesas. 

Munidos com dois camiões cisterna de 30 mil litros e de todo o material necessário para acudir à situação peculiar que se vive em zonas como Pedrógão Grande, Leiria e Coimbra, organizaram-se e dirigiram-se até à fronteira, em Valença, onde foram barrados à entrada no país.

Segundo avança um jornal local, o governo português agradeceu, a ajuda mas garantiu não ter condições para receber tanta gente.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
Comentário mais votadoEscreva o seu comentário
  • De portuense20.06.17
    Vergonha de chefes que tem Portugal! Escondam a cara, patifes!
8 Comentários
  • De  Cipião Numantino da Boina21.06.17
    este portugal está entregue a grandes lobys depois do 25 de Abril de 1974
    já não voto a 7 ou 8 eleições seguidas e continuarei a não votar
    porque os politicos portugueses são do pior que temos a nivel mundial
    Responder
     
     0
    !
  • De  Anónimo 21.06.17
    Isso mostra-nos que as autoridades portuguesas não estão nenhum pouco preocupadas com a população portuguesa , pois toda a ajuda é sempre bem vinda . pois todos os anos em portugal chega essa altura do ano o pais sofre por causa dos incendios e a mesma historia se repete e o povo sofre .
    Responder
     
     0
    !
  • De geo@geopress.org21.06.17
    Estou à disposição dos Bombeiros da Galiza para lhes apresentar o Projeto GEO bombeiro. - Este projeto faz parte dos objetivos da Fundação Geolíngua e que foi apresentado ao MAI - Ministério da Administração Interna em 2002 e, ao ex-primeiro ministro, em 2012. O Governo ignora e boicota a Fundação!?
    Responder
     
     0
    !
  • De portuense20.06.17
    Vergonha de chefes que tem Portugal! Escondam a cara, patifes!
    Responder
     
     3
    !
  • De Sérgio Serra20.06.17
    Numa altura destas a meu ver todas as ajudas seriam bem vindas. O mal que aqui vejo é o facto de com os meios que estão a atuar neste momento já não há coordenação possível. Imagino com a chegada de mais meios/homens...mas isto já se passa há muitos anos não é só neste incêndio...
    Responder
     
     0
    !

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub