Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
4

Ministra da Saúde garante que anestesistas não pediram 500 euros por hora na MAC

Frase de Marta Temido, em dia de Natal gerou polémica.
26 de Dezembro de 2018 às 21:19
Maternidade Alfredo da Costa
Maternidade Alfredo da Costa
Maternidade Alfredo da Costa
Maternidade Alfredo da Costa
Maternidade Alfredo da Costa
Maternidade Alfredo da Costa
Maternidade Alfredo da Costa
Maternidade Alfredo da Costa
Maternidade Alfredo da Costa
O serviço de anestesia na Maternidade Alfredo da Costa, em Lisboa, teve apenas um anestesista na segunda e terça-feira e a ministra da Saúde, Marta Temido, sublinhou a incapacidade de se contratar um profissional por serem pedidos "500 euros à hora" no Natal.

Segundo avança o site Polígrafo, nenhum anestesista pediu esse valor, uma vez que o Ministério da Saúde não consegue sequer sustentar esse valor. 

De acordo com o mesmo portal, que menciona um email de uma das empresas que operam no mercado de contratação temporária de profissionais de medicina, o valor pago sugerido foi de cerca de 37 euros por hora.

Segundo o Ministério da Saúde, não é possível a contratação de anestesistas por 500 euros à hora. O valor varia entre os 26 e os 39 euros à hora. 

Recorde-se que várias mulheres grávidas tiveram de ser reencaminhadas para vários hospitais, em Lisboa, devido à falta de anestesistas.
Maternidade Alfredo da Costa Lisboa Lisboa ministra da Saúde Ministério da Saúde Marta Temido política
Ver comentários