Bispo diz que aborto é mais grave do que um padre abusar de crianças

Comparação polémica está a chocar muitos numa altura em que a Igreja Católica vive fase complicada.
02.09.18
"O aborto é muito mais grave do que um padre abusar de uma criança". As palavras de Fabio Martínez Castilla, novo arcebispo da Arquidiocese de Tuxtla Gutiérrez, na província mexicana de Chiapas, acenderam a polémica. O prelado falava ao jornal local Noticias Voir e imagen de Chiapas, mas o caso depressa ganhou dimensão nacional.

A comparação polémica surge numa altura em que a Igreja Católica vive uma fase atribulada devido aos escândalos que envolvem padres pedófilos.

O bispo defende que quando uma criança é sexualmente abusada "o seu futuro morre" ao passo que quando é abortada "é homicídio".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
Comentário mais votadoEscreva o seu comentário
  • De Manuel02.09.18
    Forma abominável e ignóbil para minimizar horrendos crimes que causam traumas para toda a vida dos violados!
1 Comentário
  • De Manuel02.09.18
    Forma abominável e ignóbil para minimizar horrendos crimes que causam traumas para toda a vida dos violados!
    Responder
     
     1
    !