Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
6

CNE considera que não constituiu crime frase do PCTP/MRPP

O PCTP/MRPP usa a frase "Morte aos Traidores", na campanha.
Lusa 24 de Setembro de 2015 às 17:19
O líder do  PCTP-MRPP António Garcia Pereira
O líder do PCTP-MRPP António Garcia Pereira FOTO: António Cotrim/Lusa

A Comissão Nacional de Eleições (CNE) considerou esta quinta-feira que "não constituiu qualquer tipo de crime" a frase "Morte aos Traidores" usada em material da campanha eleitoral do PCTP/MRPP, entendendo tratar-se de uma "metáfora".

As várias queixas sobre a frase "Morte aos Traidores" usada no material de campanha do PCTP/MRPP e, entretanto suspensa pelo partido, foi um dos assuntos analisado hoje à tarde pela CNE.

O porta-voz da CNE, João Almeida, disse à agência Lusa que a Comissão Nacional de Eleições só pode analisar os tempos de antena (pagos pelo Estado), mas como o PCTP/MRPP já suspendeu do seu material de campanha eleitoral a frase, não se justifica uma notificação ao partido para retirar essa expressão.

Ver comentários