Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
4

Rio: "Estou dependente de mim mas também das circunstâncias"

O ex-presidente da Câmara do Porto não fez previsões sobre o seu futuro político.
14 de Maio de 2015 às 20:50
O político esteve na apresentação do livro "Rui Rio - Raízes de Aço"
O político esteve na apresentação do livro 'Rui Rio - Raízes de Aço' FOTO: José Coelho/Lusa

O ex-presidente da Câmara do Porto Rui Rio escusou-se, esta quinta-feira a fazer previsões sobre o seu futuro político uma vez que está dependente também das circunstâncias, reiterando que as decisões têm que ser devidamente ponderadas e maturadas.

No final da apresentação do livro "Rui Rio - Raízes de Aço", da autoria de Carlos Mota Cardoso, no Porto, o social-democrata foi questionado pelos jornalistas sobre uma eventual candidatura a Belém nas próximas eleições, tendo afirmado, diversas vezes, estar dependente dele próprio "mas também das circunstâncias".

"Agora as coisas têm que ser devidamente ponderadas, devidamente maturadas e acima de tudo repito, porque é muito importante, as circunstâncias que nos vão rodear. Não há pessoas muito boas para um dado lugar e pessoas muito más para um dado lugar. Há pessoas que são adaptadas em determinadas circunstâncias e noutras circunstâncias não. É assim na vida para tudo e isto não foge às regras", disse, perante a insistência dos jornalistas.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)