Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
5

Gang das Picaretas: Penas efectivas para três

Três dos sete arguidos do ‘gangue das picaretas' foram esta sexta-condenados condenados pelo Tribunal de Guimarães a 12 anos, sete anos e meio e seis anos de prisão efectiva, tendo os outros quatro sido condenados a penas suspensas de cinco anos e quatro anos e seis meses (dois deles) e ao pagamento de uma multa de mil euros. O Tribunal deu como provados metade dos crimes de que estavam acusados os sete arguidos, nomeadamente os crimes de associação criminosa, assalto qualificado, roubo qualificado na forma tentada, roubo simples e posse ilegal de arma.
3 de Abril de 2009 às 12:36
Os sete arguidos conheceram hoje a sentença
Os sete arguidos conheceram hoje a sentença FOTO: Sérgio Freitas

Conhecida a sentença, Pedro Carvalho, advogado de defesa, considerou-a 'justa e ponderada' apesar de poder recorrer da mesma, o que decidirá após analisar o seu teor. Satisfeito mostrou-se também o delegado do Procurador-geral da República, Almeida Ferreira.

Recorde-se que este grupo ficou conhecido como ‘gangue das picaretas' porque, nas emboscadas que fazia a carrinhas de transporte de valores, actuava com armas de fogo, picaretas e carros de alta cilindrada. Os assaltos concretizaram-se em 2006 e 2007, tendo sido substraídas várias centenas de milhares de euros.

O gangue era liderado por um rapaz de 27 anos, de nome Alberto, que se identificava como vendedor de peças de automóveis, sendo dono de uma sucata em Felgueiras.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)