Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
5

Governo e António Costa com pior nota da legislatura

Desde 2015 que o líder socialista e o Executivo não registavam valores tão negativos.
Salomé Pinto 18 de Março de 2019 às 08:00
A carregar o vídeo ...
Desde 2015 que o líder socialista e o Executivo não registavam valores tão negativos.
Perto do fim da legislatura do Governo de António Costa, os portugueses dão a pior nota de sempre ao líder do PS (9,2 em 20 valores) e ao Executivo (22 num índice que varia entre -100 e 100), segundo uma sondagem da Aximage para o CM e o Negócios, realizada entre 9 e 13 de março.

Desde as legislativas de outubro de 2015, que abriram a porta à formação de um governo minoritário socialista, que o Executivo e o primeiro-ministro não atingiam valores tão baixos. O índice de expectativas no Governo só foi mais negativo, com nove pontos (entre -100 e 100), em dezembro de 2015.

Um mês antes, o secretário-geral socialista tinha registado a pior nota, de 8,4 (em 20). Nesta altura, o PS andava em negociações com o PCP e o BE para conseguir uma solução governativa de âmbito parlamentar, a Geringonça, o que não agradou ao eleitorado da direita, que viu o PSD a vencer em número de votos, mas sem conseguir chegar ao poder.

Apesar da avaliação negativa ao Executivo, a maior parte dos portugueses (36,3%) continua a preferir o PS para formar governo. As intenções de voto revelam, no entanto, uma ligeira quebra de 0,1 pontos percentuais face a fevereiro. Já para primeiro-ministro, os eleitores reforçam a confiança em António Costa (53,8%) em detrimento do líder do PSD, Rui Rio (27,7%).

O principal partido da oposição cai para 23,9% nas preferências dos eleitores, sem conseguir recuperar os 27% de há um ano. Mas Rio melhora de pontuação, subindo para 7,9 (em 20), embora mantendo-se em valores negativos.

O BE regista uma recuperação para 9,2% nas intenções de voto, mas sem conseguir voltar para terceira força política, lugar ocupado pelo CDS, com 9,7%, que volta a reforçar a sua posição. Mas a líder centrista, Assunção Cristas, regista pior nota (7,9). A CDU sobe para 6,8% nas intenções de voto.

Presidente sobe de nota para 15,4
O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, subiu de nota para 15,4 valores (em 20), depois de ter estado consecutivamente em queda, segundo a sondagem da Aximage. O Chefe de Estado, que há um ano tinha obtido uma avaliação de 18,5 na opinião dos eleitores, chegou a cair para 14,5 no mês passado.

O barómetro revela ainda que Mário Centeno, com a pasta das Finanças, mantém-se como o melhor ministro do Governo de Costa e Marta Temido, que tutela a Saúde, tem a pior nota.

FICHA TÉCNICA
Universo indivíduos inscritos nos cadernos eleitorais em Portugal com telefone fixo no lar ou possuidores de telemóvel. Amostra aleatória e estratificada (região, habitat, sexo, idade, escolaridade, atividade e voto legislativo) e representativa do universo foi extraída de um subuniverso obtido de forma idêntica. A amostra teve 600 entrevistas efetivas: 289 a homens e 311 a mulheres; 56 no Interior Norte Centro, 78 no Litoral Norte, 97 na Área Metropolitana do Porto, 116 no Litoral Centro, 170 na Área Metropolitana de Lisboa e 83 no Sul e ilhas; 99 em aldeias, 163 em vilas e 338 em cidades. A proporcionalidade pelas variáveis de estratificação é obtida após reequilibragem amostral. Técnica Entrevista telefónica por C.A.T.I., tendo o trabalho de campo decorrido entre os dias 9 e 13 de março de 2019, com uma taxa de resposta de 73,7%. Erro probabilístico Para o total de uma amostra aleatória simples com 600 entrevistas, o desvio-padrão máximo de uma proporção é 0,020 (ou seja, uma margem de erro - a 95% - de 4,00%). Responsabilidade do estudo Aximage Comunicação e Imagem Lda., sob a direção técnica de Jorge de Sá e de João Queiroz

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)