Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
6

Holanda esmaga Itália

A Holanda alcançou esta segunda-feira uma preciosa vitória frente à campeã mundial Itália, por três bolas a zero, no segundo encontro do Grupo C, o chamado ‘Grupo da Morte’, realizado no Stade de Suisse, em Berna.
9 de Junho de 2008 às 21:36
Holanda esmaga Itália
Holanda esmaga Itália FOTO: Reuters

Com uma entrada muito personalizada no jogo, a selecção laranja começou logo por ameaçar as redes à guarda de Buffon, com Van Nistelrooy muito activo a dar trabalho à defesa transalpina.

Ao minuto 26, após um remate de Sneidjer, o avançado holandês desviou para o fundo das redes e inaugurou o marcador, mas em posição irregular, que o árbitro sueco Peter Frojdfeldt não sancionou.

A Itália, até então a jogar na expectativa, à espreita de utilizar uma das suas armas de excelência, o contra-ataque, foi obrigada a vir para a frente à procura da igualdade.

 

E foi precisamente de contra-ataque que os italianos acabaram por sofrer o segundo golo. Aos 31 minutos, Van Bronckhorst lançou rapidamente Kuyt, que, de cabeça, amorteceu a bola para Sneijder fazer balançar as redes.

 

No reatamento, a Itália regressou ao relvado apostada em lutar contra o resultado desfavorável com que terminou a primeira parte, e dispôs de algumas boas oportunidades para marcar, mas não o conseguiu.

Como quem não marca... sofre, a selecção de Roberto Donadoni acabou por sofrer o terceiro golo, aos 79 minutos. Kuyt surgiu sozinho frente a Buffon e, sem conseguir converter, desmarcou Van Bronckhorst, que marcou de cabeça.

Ainda antes do final, os holandeses podiam ter dilatado a vantagem para um registo escandaloso. Aos 82 minutos, o jovem Ibrahim Affelay, recém-entrado em campo, rematou à trave da baliza italiana.

Após o empate a zero desta tarde entre as selecções da França e da Roménia, com esta vitória, a Holanda saltou para liderança do Grupo C, com três pontos, enquanto a Itália segue na última posição.

 

FICHA DO JOGO

Local: Estádio: Stade de Suisse, em Berna

Árbitro: Peter Frojdfeldt (Suécia)

HOLANDA: Edwin Van der Sar, Andre Ooijer, Khalid Boulahrouz (John Heitinga, 77m), Joris Mathijsen, Giovanni Van Bronckhorst, Orlando Engelaar, Nigel de Jong, Wesley, Sneijder, Rafael Van der Vaart, Dirk Kuyt (Ibrahim Affelay, 80m) e Ruud Van Nistelrooy (Robin Van Persie, 70m). Treinador: Marco Van Basten.

ITÁLIA: Gianluigi Buffon, Christian Panucci, Andrea Barzagli, Marco Materazzi (Fabio Grosso, 55m), Gianluca Zambrotta, Gennaro Gattuso, Massimo Ambrosini, Andrea Pirlo, Mauro Camoranesi (Antonio Cassano, 75m), Luca Toni e Antonio Di Natale (Alessandro Del Piero, 64m). Treinador: Roberto Donadoni.

Marcador: 1-0, Van Nistelrooy (26m); 2-0, Sneijder (31m); 3-0, Van Bronckhorst (79m)    

Acção disciplinar: Cartões amarelos – Luca Toni (26m), Zambrotta (35m), Gattuso (51m) e De Jong (58m),

 

Ver comentários