Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
3

Maior operadora de turismo mundial vai cortar oito mil postos de trabalho devido à pandemia

Empresa alemã TUI sublinhou os fortes prejuízos nos lucros e no volume de negócios.
Lusa 13 de Maio de 2020 às 08:59
Avião da TUI
Avião da TUI FOTO: Getty Images
A maior operadora de turismo mundial, o grupo alemão TUI, anunciou esta quarta-feira a intenção de cortar oito mil postos de trabalho, devido ao impacto económico da pandemia da covid-19.

"Queremos reduzir permanentemente os nossos encargos administrativos em 30% em todo o grupo" com "consequências em cerca de 8.000 empregos" que "não vamos ocupar ou eliminar" e que corresponde a cerca de 10% da sua força de trabalho, indicou em comunicado o grupo, que tem quase 70 mil funcionários em todo o mundo.

A operadora indicou paralelamente fortes prejuízos, nos lucros e no volume de negócios.

Diante de uma cessação quase total das suas atividades, o grupo desbloqueou em abril um empréstimo de emergência garantido pelo estado alemão de cerca de 1,8 mil milhões de euros, que "devem ser pagos num período muito curto de tempo", salientou na mesma nota.

É por isso que "o grupo está a implementar" um "programa global" com "reduções significativas de custo", para que a atividade "possa continuar", mesmo "num mercado enfraquecido", acrescentou.

O grupo, no entanto, mostra-se otimista: "As pessoas querem viajar" e "a Europa está gradualmente a reabrir".

Mais informação sobre coronavírus AQUI.

MAPA da situação em Portugal e no Mundo.

SAIBA como colocar e retirar máscara e luvas.

APRENDA a fazer a sua máscara em casa.

CUIDADOS a ter quando recebe uma encomenda em casa.

DÚVIDAS sobre coronavírus respondidas por um médico

Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)