Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
7

Miss Bumbum cobrava três mil euros por sexo

Modelo brasileira diz estar arrependida de se ter prostituído.
C.C. 7 de Agosto de 2015 às 11:42
Andressa Urach revelou, no seu livro, que teve relações com o meio-irmão
Andressa Urach revelou, no seu livro, que teve relações com o meio-irmão FOTO: Rui Vasco

A brasileira Andressa Urach cobrava três mil euros por duas horas de sexo. A revelação faz parte da biografia ‘Morri para viver’, que será lançada no final deste mês. Hoje, a modelo diz estar arrependida de se ter prostituído só para estar perto de famosos, que esperava que a ajudassem a subir na vida.

"Tornei-me, infelizmente, uma das prostitutas mais desejadas e caras do Brasil. Fazia presenças em casas noturnas. (…) Mas tinha uma regra rígida. Jantares, fotos ou vídeos não eram permitidos", conta Andressa Urach na biografia, segundo o site Daily Mail.

Entre as revelações, a modelo confessa que um famoso futebolista da seleção brasileira, casado e com filhos, lhe pagou quatro mil euros para que passasse cinco dias com ele em Londres. Foi tudo combinado através do Facebook.

"Disse-me que todos os meses convidava uma brasileira para passar algum tempo com ele e que fazia questão de tratá-la com carinho e atenção. Questionei-o sobre a mulher dele, porque estava curiosa, e ele revelou-me que ela não suspeitava de nada", explica a modelo no livro.

Fã de sexo violento
Durante o tempo em que se prostituiu, Andressa Urach descobriu que gostava de sentir dor durante os atos sexuais, chegando a ficar "obcecada com o prazer em ser submissa".

Além disso, participou em orgias com várias figuras públicas. "Cantores, homens de negócios, jogadores de futebol… Nada me impediu nos meus esforços de me tornar rica. Fiz tudo por fama e dinheiro, era o meu objetivo", acrescentou.
Ver comentários