Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
3

Presidente da Proteção Civil quer mais fiscalização a bombeiros voluntários

Mourato Nunes diz que reforçado o número de ações inspetivas e audições internas.
Lusa 12 de Dezembro de 2017 às 19:31
Mourato Nunes, presidente da Autoridade Nacional de Proteção Civil
Mourato Nunes, presidente da Autoridade Nacional de Proteção Civil
Mourato Nunes, presidente da Autoridade Nacional de Proteção Civil
Mourato Nunes, presidente da Autoridade Nacional de Proteção Civil
Mourato Nunes, presidente da Autoridade Nacional de Proteção Civil
Mourato Nunes, presidente da Autoridade Nacional de Proteção Civil

O presidente da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), general Mourato Nunes, anunciou esta terça-feira, no parlamento, um reforço das ações de auditoria e de fiscalização aos corpos e associações de bombeiros voluntários.

"Na persecução de um objetivo de rigor, transparência e isenção que deve pautar a atuação da ANPC, em particular na vertente da concessão de apoios aos corpos de bombeiros e associações humanitárias de bombeiros, será reforçado o número de ações inspetivas às referidas entidades e constantemente promovidas ações de auditoria interna", disse Mourato Nunes.

O presidente da ANPC, que hoje foi ouvido na Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias, a pedido do CDS-PP, adiantou que "é uma preocupação da presidência" da Proteção Civil "o incremento de ações de auditoria e de fiscalização".

Para tal, sustentou "importa reforçar o número de efetivos qualificados", uma vez que a ANPC "é afetada por uma carência de recursos humanos, em particular de recursos qualificados".

Mourato Nunes espera que "este condicionalismo" seja mitigado na definição da nova estrutura orgânica da ANPC e do correspondente mapa de pessoal, que deve estar concluída no final do primeiro trimestre de 2018.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)