Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura

Atriz Brittany Murphy pode ter sido envenenada

Investigação da morte da atriz norte-americana pode ser retomada.
20 de Novembro de 2013 às 16:00
Simon Monjack e Brittany Murphy
Simon Monjack e Brittany Murphy FOTO: Getty Images

Novos exames laboratoriais, pedidos pelo pai da atriz, concluem que Brittany Murphy e o marido estiveram expostos a substâncias encontradas em raticidas.

De acordo com o site Examiner, Angelo Bertolotti pediu uma segunda investigação a um laboratório independente, uma vez que não ficou satisfeito com as conclusões da polícia de Los Angeles, segundo a qual as mortes de Murphy e do marido, o produtor Simon Monjack - ocorridas com um intervalo de cinco meses -, se deveram a anemia e pneumonia.

Os resultados dos novos testes revelaram que as amostras de cabelo de Britanny Murphy continham vestígios de metais pesados, duas a nove vezes superiores aos níveis considerados normais pela Organização Mundial de Saúde, avança o site ‘Radar Online’.

O relatório refere ainda que os sintomas apresentados pela actriz e pelo marido antes de morrerem são provocados pela exposição a essas substâncias: neurológicos, respiratórios, dérmicos, cólicas abdominais, tremores, taquicardia, desorientação, tosse, dores de cabeça, tonturas, congestão e pneumonia.

Se se excluir a hipótese de a exposição de Brittany e do marido àquelas substâncias poder ter ocorrido de forma acidental, a única explicação será a administração por terceiros, com possíveis intenções criminosas, conclui o laboratório. 

Brytanny Murphy atriz morte envenenamento relatório análise Simon Monjack produtor
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)