Caminhos de verdade e mentira

Nunca é de mais falar-se nos valores da Festa de Toiros, nomeadamente de alguns mais sagrados, que dizem respeito ao próprio RESPEITO e à ÉTICA.
Em Tauromaquia, como noutros domínios, a perfeição poderá não existir.
02.08.06
  • partilhe
  • 0
  • +
Caminhos de verdade e mentira
Foto d.r.
Aquelas que parecerão a melhor lide, a melhor faena, a melhor pega, poderão roçar o estado perfeito, mas sempre se poderá imaginar mais e melhor, por mais puro.
A pureza, aliás, deve ser causa e consequência. A do toiro e a da forma de se lhe estar diante! É na pureza do estilo que estará o segredo, que tem aroma de elixir, que faz sorrir, que faz vibrar e tentar repetir o que às vezes parece irrepetível.
Como em tudo na vida, à pureza opõe-se o impuro. Desmandos de vária ordem, determinados, nas mais das vezes, por duas terríveis aliadas: a ganância de uns e a ignorância (de outros), sendo que a primeira sabe muito bem aproveitar-se da segunda.
A Festa de Toiros é apanágio de procedimentos de respeito. A colocação dos artistas quando se fazem as ‘cortesias’, a ordem de actuação (no respeito pela antiguidade), os brindes (desde logo à Autoridade, na pessoa do Delegado), sejam para início da lide seja em gesto honorífico perante alguém, etc. Há, de facto, respeito e ética de braço dado.
SUBIR A PULSO
Por esse mundo fora, todas as ‘Figuras do Toureio’, em especial os matadores, sabem que tiveram de subir a pulso a escada (ou a corda...) do sucesso.
Ninguém dá nada a ninguém e quem mais se aproxima do toureiro para lhe ‘dar’ algo é... o toiro, mais que nada nem ninguém!
Mas há quem assim não pense e tente outros caminhos. Não se devendo ganhar jogos (...) na secretaria, tão pouco os triunfos das arenas se devem ganhar nos estúdios ou nas redacções. Quem escolhe este caminho escolhe o mais fácil (e mais dispendioso...). Mas, sem respeito, sem ética, só chegarão a ser Figuras com pé de barro, que parte ou derrete quando menos se espera ou a pressão e as dificuldades aumentam.
- Os Bombeiros de Vagos deram, no passado dia 23, lição de capacidade em Sôsa (Ílhavo), ao assistirem o forcado Tiago Correia (Amadores de Coruche), cuidando-lhe em primeiros socorros a perfuração do pescoço. Na ambulância, podem ter ajudado a salvar uma vida!
- Sónia Matias faz amanhã, no Campo Pequeno, em Lisboa, a sua confirmação de alternativa. Será ‘padrinho’ Joaquim Bastinhas, ela que recebeu a sua alternativa, em Santarém, na Feira do Ribatejo da Temporada de 2000, em Corrida da Rádio Renascença.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!