Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
4

Casa mostra o legado de Manoel de Oliveira

Arquivo do cineasta português vai ficar disponível para o público e para os estudiosos.
Patrícia Lima Leitão 23 de Junho de 2019 às 09:31
Fundação Serralves recebe a Casa do Cinema Manoel de Oliveira. A inauguração acontece amanhã
Fundação Serralves recebe a Casa do Cinema Manoel de Oliveira. A inauguração acontece amanhã FOTO: Direitos Reservados
É já esta segunda-feira que o legado e arquivo de Manoel de Oliveira fica aberto ao público e à comunidade artística e académica na Fundação Serralves, no Porto. A cerimónia de inauguração da Casa do Cinema Manoel de Oliveira (CCMO) será presidida por Marcelo Rebelo de Sousa.

Passam seis anos desde o acordo celebrado entre o cineasta e a Fundação para a criação da CCMO, uma nova valência do espaço que vem intensificar a atividade cinematográfica. "É um ponto de partida ideal para, a partir do presente, lançar um olhar global e transversal pelo cinema do passado, do presente, antecipando as imagens do futuro", referiu ao CM António Preto, diretor da Casa do Cinema, projeto do arquiteto Álvaro Siza Vieira.

O edifício corresponde a uma adaptação da antiga garagem do Conde de Vizela. A Fundação de Serralves acredita que a CCMO responde a um "apelo de diálogo e de cruzamento entre as artes, uma exigência que salta dos seus próprios filmes e que se alinha na perfeição com o compromisso assumido pela Fundação de Serralves de pensar a arte contemporânea numa perspetiva aberta e pluridisciplinar".

A Casa abre portas com uma exposição permanente e duas temporárias, sempre dedicadas àquele que é um dos nomes mais influentes da história da sétima arte no nosso país. A partir de setembro, a oferta cultural será complementada com programas educativos. Do futuro, faz ainda parte o ciclo de cinema ‘Portas Abertas’.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)