Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
7

Corrida CM leva 12 mil a Santarém

A XVIII Corrida CM, em Santarém, coincidente com as comemorações oficiais do Dia de Portugal, a Feira da Agricultura e a Feira Internacional do Toureio Equestre, foi um êxito tremendo: a Monumental Celestino Graça esgotou a lotação de 12 mil lugares.
11 de Junho de 2009 às 00:30
A Monumental Celestino Graça teve uma enchente ontem à tarde
A Monumental Celestino Graça teve uma enchente ontem à tarde FOTO: Duarte Roriz

A primeira parte da corrida decorreu num tom muito agradável, com excelente participação dos três cavaleiros presentes, dois deles pai e filho. João Moura, com um toiro muito nobre e suave, lidou à sua maneira e conseguiu momentos altos de toureio. Por seu lado, o português residente em Espanha Diego Ventura moldou o segundo para um toureio em curto de muita exposição em sortes cambiadas que chegaram ao público, obtendo êxito. E o jovem João Moura Jr., com o toiro menos colaborante, esteve brilhante e acertado na escolha dos terrenos e numa série de ferros curtos que rematou com adornos vistosos.

Na lide do quarto toiro, João Moura andou esforçado, procurando os terrenos onde o oponente investia, e a lide foi a mais nos ferros curtos. Saiu muito manso o quinto toiro e Diego Ventura apenas pôde mostrar a sua boa monta e a excelência da sua quadra. No entanto, de toureio houve pouco. Lide muito acertada de Moura Jr. no último, com cites frontais e toureio vistoso e artístico, a fechar a tarde com classe na Celestino Graça.

Nos forcados pegaram bem os de Santarém. Diogo Sepúlveda, Filipe Romão e Gonçalo Veloso fizeram uma pega de espectáculo ao touro da Ganadaria Passanha. Pelos de Alcochete, Ruben Gomes, Vasco Pinto e João Pedro de Sousa numa brilhante pega, a melhor da tarde, brindada ao director do CM. Direcção acertada e complacente de José Tinoca.

TARDE DE FESTA NAS BANCADAS

Muitos foram os que aproveitaram a tarde do Dia de Portugal para assistir à XVIII Corrida CM. A praça de touro de Santarém recebeu figuras do jet set, como Isabel de Palmela, ou a cavaleira tauromáquica Sónia Matias, acompanhada da irmã, que no próximo domingo vai actuar na mesma arena.

Viveram-se momentos de grande emoção nas bancadas, como quando o quinto touro da tarde saltou a trincheira, voltando a entrar para a arena. Antes disso, no intervalo, o presidente da Câmara de Santarém, Moita Flores, foi homenageado e aplaudido de pé. Recebeu do cabo dos Amadores de Santarém, Diogo Sepúlveda, uma camisola com os dizeres ‘Sou Português, Sou Aficionado’, que vestiu de imediato, como forma de agradecimento pela sua contribuição para que a Monumental Celestino Graça não fosse encerrada.

NOTAS

MAIS UMA CORRIDA: DOMINGO

A XVIII Corrida CM foi a segunda das três corridas no âmbito da Feira Internacional do Toureio Equestre. No domingo Santarém recebe cavaleiros como António Ribeiro Telles e Sónia Matias

TOURO: ENTRE BARREIRAS

Não é caso inédito, mas provoca sempre alguma tensão. Na quinta lide o touro saltou as barreiras de protecção. Acabou por ser encaminhado para a arena, sem se registar feridos

INCIDENTE: INTERRUPÇÃO

Um pequeno incidente nas bancadas obrigou à interrupção da corrida durante cinco minutos. Dois espectadores travaram-se de razões obrigando à intervenção policial

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)