Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura

“Dar uma ou não dar uma”... eis a questão

Pedro Mexia apaixonou-se por uma peça do britânico Tom Stoppard e ofereceu-se para a traduzir para o Teatro Aberto. João Lourenço aceitou a peça e lançou-lhe o desafio: porque não passá-la ele próprio à cena? O espectáculo, que assinala a entrada na encenação de Pedro Mexia estreia amanhã, às 21h30, na Sala Azul, com a promessa de um serão simultaneamente divertido e inteligente.
28 de Abril de 2010 às 00:43
Ana Brandão e Pedro Lima integram o elenco deste espectáculo de Pedro Mexia
Ana Brandão e Pedro Lima integram o elenco deste espectáculo de Pedro Mexia FOTO: d.r.

‘Agora a Sério' é uma peça que versa sobre o amor, a felicidade, o adultério, o sofrimento. Mas também sobre o teatro e sobre o incrível poder das palavras. Ao longo de duas horas, acompanhamos a história de ‘Henry' (João Reis), um homem para quem a fidelidade é tudo. A fidelidade dos outros, bem entendido, já que a dele parece ser mera figura de retórica.

 

Ao lado de São José Correia, Ana Brandão e Pedro Lima, o espectador é convidado a reflectir sobre o que torna (in)viáveis as relações afectivas, sem, no entanto, ter de ouvir "receitas". Como a acção decorre no meio teatral - entre dramaturgos, encenadores e actores - o texto de Stoppard é também pretexto para reflexões de carácter artístico e literário. Novamente, sem "receitas". Ou seja, a peça é simples sem descambar no banal, elevada sem resvalar para o pretensioso.

 

As maiores surpresas do espectáculo são a forma inusitada como se usa o estratagema do "teatro dentro do teatro" e o facto de nos ser dado a contemplar uma "peça histórica". Pedro Mexia decidiu assumir os anos oitenta como tempo da acção (a peça estreou em 1982) e tanto o cenário (de João Mendes Ribeiro) como os figurinos (Dino Alves) são de um rigor desconcertante. Há 30 anos todas as casas eram assim e toda a gente se vestia daquela forma. Por muito que nos custe lembrá-lo. Completa o quadro uma banda sonora constituída por temas antigos - o protagonista é assumidamente fã da música popular dos anos 60 e 70. 

No elenco estão ainda Diana Costa e Silva, Afonso Lagarto e Nuno Casanovas.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)