Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
7

Gabriela Canavilhas recua nos cortes à Cultura

“É uma decisão histórica e deve-se a este facto incontestável: nunca, como agora, os artistas portugueses – de todas as áreas – se tinham unido desta forma”, disse o cineasta João Botelho ao 'Correio da Manhã', pouco depois de sair da reunião da Plataforma das Artes com a ministra da Cultura, Gabriela Canavilhas.
12 de Julho de 2010 às 21:42
Ministra diz que nova lei do cinema está para breve
Ministra diz que nova lei do cinema está para breve FOTO: Lusa/João Relvas

A ministra, que recuou na intenção de cortar dez por cento nas verbas de apoio à actividade cultural, anunciou ainda durante este encontro com artistas que "deverá estar para breve" a aprovação da nova lei do cinema.

 

"Levámos para a mesa uma grande quantidade de reivindicações - uma vez que éramos porta-vozes de várias plataformas artísticas - mas a ministra já tinha uma solução na manga: conseguiu verbas que lhe permitem não reduzir o dinheiro das artes", disse o realizador, acrescentando que não há razão para euforias.

 

"O que isto quer dizer é que esta ministra não tornou ainda mais precária uma situação que já é precária há décadas", explicou.

"Os artistas portugueses vivem há anos em dificuldades. Este recuo só não piorou o que já estava mau."

 

Ao mesmo tempo em que Gabriela Canavilhas recebia a Plataforma das Artes, tinha lugar, no Espaço Alkantara, em Santos, uma reunião da Plataforma do Teatro. Um encontro que reafirmou a vontade das pessoas do teatro em permanecerem unidas - mesmo depois deste momento crítico.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)