Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura

Livros, CD e DVD sobre rodas

Artur Guerreiro estava eufórico com os dois livros e o CD dos Xutos & Pontapés requisitados na nova Biblioteca Itinerante de Almodôvar: “Levo os livros do ‘Gigante’ e do ‘Gato das Botas’”, disse ao CM com um sorriso rasgado. Aluno do 3.º ano da EB de Gomes Aires, Artur foi dos primeiros a escolher o que queria da carrinha da biblioteca no primeiro dia em que esta iniciou o percurso pelas aldeias e montes da região alentejana. Mas no meio de tanta felicidade, tinha uma queixa: “É pena não haver jogos para Playstation.”
22 de Outubro de 2006 às 00:00
O lamento não só de Artur como de outros colegas de escola – que, à falta de videojogos esgotaram o ‘stock’ de filmes de animação e aventuras – não terá tão cedo resposta positiva por parte da Biblioteca. “Jogos não. Trazemos 800 livros e 200 CD e DVD para todos os gostos e idades”, sublinhou Constantino Piçarra, director da Biblioteca Municipal de Almodôvar e coordenador do projecto, financiado pela autarquia em 55 mil euros.
De acordo com o bibliotecário, a carrinha, que numa primeira fase percorrerá, a cada 15 dias, uma das 20 localidades seleccionadas no concelho, foi apetrechada com computador com internet e base de dados que permite aos utilizadores pesquisar ou ‘encomendar’ os documentos que pretendem consultar. Além dos livros, tal como explicou ao CM a vereadora Sílvia Baptista, o veículo levará ainda boletins municipais e agendas culturais.
Para além do aplauso da população, a iniciativa mereceu também o dos professores. “Traz livros aos que vivem longe da Biblioteca e incentiva também nos mais novos o gosto pela leitura. Vamos fazer trabalhos sobre os livros que requisitaram”, assegurou Maria Martins, professora dos 13 alunos de Gomes Aires.
AS CARRINHAS DA GULBENKIAN
As primeiras bibliotecas itinerantes foram criadas em 1958 pelo escritor Branquinho da Fonseca, director do então Serviço de Bibliotecas Itinerantes (posteriormente Serviço de Bibliotecas e Apoio à Leitura) da Fundação Calouste Gulbenkian.
Além de levar o livro a populações isoladas que, de outro modo, não teriam contacto com ele, a iniciativa pioneira tinha como princípios o livre acesso às estantes, a gratuitidade do serviço e o empréstimo domiciliário que, na altura, não vigorava em quase nenhuma outra biblioteca portuguesa.
Quinzenal ou mensalmente, estas unidades móveis percorreram quase 4000 localidades em todo o Continente e Regiões Autónomas, emprestaram 97 milhões de livros e chegaram a 29 milhões de leitores. O Serviço de Bibliotecas e Apoio à Leitura foi encerrado em 2002.
"UMA FESTA CONTANGIANTE"
Santana Alho dedicou toda a vida às bibliotecas itinerantes. Começou a trabalhar pela Gulbenkian no concelho de Mértola (Alentejo), depois passou por Bragança (Trás-os-Montes) e regressou ao Alentejo. Em Montemor-o-Novo, este homem, hoje com 78 anos, levou a alegria a centenas de crianças, muitas pobres e sem meios para comprar um livro. “Esperavam ansiosamente pela carrinha da Biblioteca. Era uma festa para as crianças que contagiava os adultos.” Em 1993, quando Santana Alho completou 65 anos, a Gulbenkian pôs fim à biblioteca itinerante que percorria não só a região de Montemor, mas também as de Coruche, Mora e Alcácer do Sal. “Apesar da idade, gostava de ter continuado com o serviço pois o seu fim foi um grande golpe para as crianças. Fico feliz por as Câmaras estarem a financiar novas bibliotecas itinerantes”, confessou ao CM.
À ESCOLHA
LEITORES
A Biblioteca Municipal de Almodôvar existe há 30 meses e tem duas mil pessoas inscritas. O número de leitores vai agora aumentar com a criação da rede concelhia de leitura e biblioteca itinerante. O cartão de leitor poderá ser utilizado em ambas as bibliotecas.
LIVROS
A biblioteca itinerante transporta 800 livros (300 para adultos e 500 para crianças). Nas prateleiras poderão ser encontrados livros sobre as várias ciências, animação, banda desenhada, história ou arte. Outras mil publicações estão de reserva na Biblioteca Municipal.
MULTIMÉDIA
Mais de 200 documentos em formato digital poderão ser requisitados na biblioteca itinerante. A viatura leva filmes e documentários em DVD para adultos e crianças e CD de música nacional e estrangeira.
LEITORES
"LEVO UM LIVRO E UM FILME DE AVENTURAS" (CARINA SILVA, ALUNA DO 1º CICLO
“Na minha escola, em Gomes Aires, já podia requisitar livros. Mas agora com esta carrinha temos mais à escolha. Levo para casa um livro do ‘Rantanplan’ e um filme de aventuras. Tenho que os devolver no dia 30, quando regressa a biblioteca.”
"INCENTIVAR GOSTO PELA LEITURA" (MÁRCIA CAETANO, AUXILIAR)
“Sou auxiliar na escola de Gomes Aires e aproveitei a vinda dos miúdos para levar um livro do Jorge Amado. Esta biblioteca é importante porque vai incentivar o gosto pela leitura a toda a população. Apesar das tarefas domésticas, espero sentar-me e ler até ao dia 30.”
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)