Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
1

Maria do Céu Guerra homenageada com estátua em Carnide

Atriz considerou que foi uma "homenagem muito diferente".
Nuno Sottomayor e Hugo Real 26 de Março de 2017 às 09:41
Maria do Céu Guerra discursou perante as pessoas que marcaram presença
Maria do Céu Guerra discursou perante as pessoas que marcaram presença
Maria do Céu Guerra discursou perante as pessoas que marcaram presença
Maria do Céu Guerra discursou perante as pessoas que marcaram presença
Maria do Céu Guerra discursou perante as pessoas que marcaram presença
Maria do Céu Guerra discursou perante as pessoas que marcaram presença
Maria do Céu Guerra discursou perante as pessoas que marcaram presença
Maria do Céu Guerra discursou perante as pessoas que marcaram presença
Maria do Céu Guerra discursou perante as pessoas que marcaram presença
Maria do Céu Guerra discursou perante as pessoas que marcaram presença
Maria do Céu Guerra discursou perante as pessoas que marcaram presença
Maria do Céu Guerra discursou perante as pessoas que marcaram presença
A atriz Maria do Céu Guerra foi ontem homenageada pela Junta de Freguesia de Carnide, em Lisboa, no âmbito das comemorações do Dia Mundial do Teatro, que se celebra amanhã.

Com 73 anos de vida e 54 de carreira, a também encenadora adiantou ao CM "que esta homenagem foi completamente diferente das outras" que já lhe fizeram. "Aqui as pessoas exprimiram-se mostrando que a relação comigo é verdadeira, inteligente e que não dispensa a poesia, o sentido crítico e a participação das pessoas" confidenciou.

Além da homenagem foi ainda inaugurada uma escultura da autoria de José Costa Reis, que agora pode ser vista no largo das Pimenteiras.

"Eu sabia que aqui era costume a Junta de Freguesia criar uma cadeira para cada pessoa que Carnide decide ter no seu seio, mas não sabia que ia ser assim comigo", acrescentou Maria do Céu Guerra.
Já para o autor da obra e amigo pessoal da atriz "foi um orgulho desenhar" esta peça.

"Achei que ela precisava de uma cadeira para descansar. Assim, ela já sabe onde vir", concluiu José Costa Reis.
Ver comentários