Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
9

Novo disco de José Cid chega em abril

Músico já tem pronto o seu novo álbum, 'Menino Prodígio', um dos registos mais roqueiros da sua carreira.
Miguel Azevedo 14 de Março de 2015 às 10:00
José Cid apresenta um regresso à infância e ao rock com 'Menino Prodígio'
José Cid apresenta um regresso à infância e ao rock com 'Menino Prodígio' FOTO: Sérgio Lemos
Como aos quatro anos de idade já tocava piano, quem o conhecia, amigos e familiares, chamava-lhe 'menino prodígio'. José Cid sempre lidou com este epiteto, o mesmo com o qual batiza agora o seu novo disco de originais, que chega ao mercado no próximo dia 6 de abril.

Gravado no decorrer do ano passado, 'Menino Prodígio' conta com 13 canções, 12 das quais inéditas. Destacam-se entre elas, por exemplo, 'Rock Rural', gravado ao vivo no Campo Pequeno, o 'Andar de Marilyn', tema dedicado à diva do cinema, ou 'Blá! Blá! Blá!', canção composta ainda na altura do Quarteto 1111 e que chegou a ser censurada pelo regime. Contam-se ainda um poema de José Régio ('Os Poetas - Há Certos Reis'), uma versão de 'Don't Wanna Miss a Thing', dos Aerosmith, e 'De Mentirosos Está o Cemitério Cheio'.

'Menino Prodígio' é um disco que José Cid há muito tempo equacio- nava eé talvez um dos registos mais roqueiros da sua carreira. É um álbum que representa um corte com muito do que fez no passado recente, até porque, como afirma, "é preciso avançar".
José Cid Menino Prodígio Rock Rural Rock Rural Andar José Régio Aerosmith artes cultura e entretenimento
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)