Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
9

VARGAS LLOSA EM LISBOA

“Nos anos 50, era estudante universitário quando li uma autobiografia de Flora Tristán e fiquei emocionado com as descrições desta jovem francesa que viveu nos finais do séc. XIX. Era audaz, irreverente e manifestava um forte desejo de emancipação. Desde então, passei a ler tudo o que encontrava sobre esta mulher e, sobretudo, a sonhar com ela”.
23 de Outubro de 2003 às 00:00
O escritor peruano
O escritor peruano FOTO: Jordi Burch
Ontem, em Lisboa, o escritor Mario Vargas Llosa explicou assim o seu mais recente livro, ‘O Paraíso na Outra Esquina’, em que conta a história paralela de Flora Tristán e do neto desta, o pintor Paul Gauguin.
“Ao estudar Flora encontrei várias referências ao neto e descobri que eles nunca se conheceram apesar de serem parecidos: ambos possuiam uma propensão natural para ‘ir contra a corrente’”, explicou o escritor, prosseguindo: “Ocorreu-me então fazer um contraponto entre avó e neto e abordar o sonho da sociedade perfeita, que marcou profundamente o séc. XIX e que os protagonistas idealizaram”.
AS UTOPIAS
Apesar de sempre ter demonstrado desagrado face às utopias, curiosamente, o escritor sempre as focou nas suas obras. “Não sou contra todas as utopias mas sim contra as utopias políticas e colectivas porque a ideia de felicidade que está por trás, jamais poderá ser das massas”, comentou, salientando que “os grandes apocalipses do séc. XX são fruto de utopias colectivas”.
Apesar de viver na Europa e ter, desde 1993, nacionalidade espanhola, Vargas Llosa é um homem atento ao Peru, seu país natal. “Tenho um sonho que não é utópico, mas sim, muito realista. Desejo que o Paru cresça e se aproxime, cada vez mais, das democracias modernas”.
Em tempos, confessou que a sua maior virtude era a compreensão e o maior defeito o egoísmo. Serão todos os escritores egoístas? “Penso que escrever requer uma concentração muito própria e, de certa forma, pode chamar-se a isso egoísmo porque a nossa prioridade é a escrita”, rematou.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)