Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

Benfica contra-ataca e anuncia processos-crime contra Pinto da Costa e SAD do FC Porto

Clube manifesta "total abertura para facilitar a informação" às autoridades.
16 de Junho de 2017 às 18:18
Luís Bernardo
Luís Bernardo
Luís Bernardo
Luís Bernardo
Luís Bernardo
Luís Bernardo
O Benfica reagiu, esta sexta-feira, ao caso dos emails. O clube da Luz vai interpor ações contra Pinto da Costa e o FC Porto no âmbito deste caso: "Todos os lesados vão interpôr ações por ciber-crime. Nos próximos dias entrarão processos-crime contra Pinto da Costa, contra a SAD do FC Porto - significa que têm acesso a contratos de nível comercial. Crime económico? Se o FC Porto alega ter informação confidencial, terá tido acesso a informação comercial e isso é um crime grave", começou por dizer o diretor de comunicação do Benfica à BTV.

"É urgente que esta investigação a este caso seja séria, a nível dos órgão desportivos e civil. Benfica tem total abertura para facilitar acesso a toda a informação, tem as portas abertas e está tranquilo, quer que se investigue a fundo. Queremos que a verdade venha ao de cima e que os responsáveis seja responsabilizado", acrescentou Luís Bernardo.

Outra das ações do Benfica será requerer a reabertura do Apito Dourado: "Temos recebidos centenas de denúncias de pressões sobre agentes desportivos por parte de responsáveis do FC Porto e nessa sequência vemos uma linha de conduta do passado. Vamos requerer a abertura do Apito Dourado e que seja reanalisado a legalidade das escutas do Apito Dourado."

Luís Bernardo deixou também no ar uma suspeição acerca de Francisco J. Marques, diretor de comunicação do FC Porto, de que este estaria a trabalhar na agência Lusa ao mesmo tempo que já teria contrato com os 'dragões': "Há quatro meses recebemos informação em que dava acesso ao contrato do atual responsável da comunicação do FC Porto, demonstrado que quando estava na Lusa já tinha contrato com o FC Porto. Não sei se é verdade, ou não. Tenho aqui o contrato e será fornecido para investigação. É um contrato de trabalho a termo certo. O que está declarado é que na data em que era editor de desporto da Lusa já tinha avença com o FC Porto. É muito grave."

E-mails são verdadeiros?
Questionado sobre se os e-mails são verdadeiros, Luís Bernardo revelou que "isto surgiu há três semanas e na altura o Benfica requereu abertura de processo por violação de correspondência privada. Essa investigação tem desenvolvimentos, os dados que temos são extremamente grave, de enorme melindre, mas serão analisados em termos da própria investigação do MP. São dados que o Benfica recolheu nas perícias técnicas, surgindo a hipótese de pirataria informática", acrescentando que não pode conformar se houve pagamento do FC Porto, mas "o que é claro é que o FC Porto afirma ter acesso a informação privada do Benfica e tem a tornado pública. Se os e-mails existem ou não cabe ao MP dizer, se foram objeto de falsificação, se estão descontextualizados. Tem de ser analisado com todo o cuidado".

O diretor de comunicação do Benfica revela que o clube ainda não foi contactado pelo Ministério Público - "apenas alguns procedimentos" - mas revela que as portas estão abertas: "Compreendo que não haja coragem do FC Porto para assumir a denúncia. Que leitura merece? Se fosse o FC Porto a assumir teria de dar acesso a toda a informação que tem e como muitas delas são denúncias de coação feitas junto do Benfica, isso não lhes interessa divulgar. Há um clima muito crispado no futebol português que vai dificultar o início da competição. São levantadas insinuações muito graves e condena-se logo. Nós temos tido muita informação grave, que forneceremos ao MP."

Luís Bernardo lança farpas a FC Porto e Sporting
O diretor de comunicação do Benfica aproveitou para mandar farpas ao FC Porto: "O FC Porto vive momento financeiro difícil, está intervencionado, perdeu a sua autonomia está numa situação financeira de descalabro. Temos assistido a acusações de que a culpa do seu insucesso financeiro foi do anterior treinador. Há um grande impasse no clube".

O Sporting também foi alvo de acusações: "Vive momento difícil, com indefinição do ponto de vista estratégica, se a aposta é na formação ou se isso não chega. É neste quadro que tentam desestabilizar o Benfica. Há dois anos a contração de Jesus, depois os vouchers e agora os e-mails."

Luís Bernardo Benfica FC Porto BTV Jesus Sporting desporto futebol
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)