Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

PJ investiga mails do Benfica denunciados pelo FC Porto

Investigadores estão a analisar conversas entre membros do clube e pessoa da arbitragem
16 de Junho de 2017 às 12:55
Paulo Gonçalves é assessor jurídico da SAD das águias
Luís Filipe Vieira e Paulo Gonçalves numa Assembleia Geral  da Liga de Clubes
Pedro Guerra
O antigo árbitro Adão Mendes
Paulo Gonçalves é assessor jurídico da SAD das águias
Luís Filipe Vieira e Paulo Gonçalves numa Assembleia Geral  da Liga de Clubes
Pedro Guerra
O antigo árbitro Adão Mendes
Paulo Gonçalves é assessor jurídico da SAD das águias
Luís Filipe Vieira e Paulo Gonçalves numa Assembleia Geral  da Liga de Clubes
Pedro Guerra
O antigo árbitro Adão Mendes
Uma semana depois de a Procuradoria-Geral da República ter anunciado uma investigação aos emails trocados entre elementos do Benfica e pessoas ligadas à arbitragem, a Polícia Judiciária está a investigar a troca de correspondência eletrónica que está a incendiar o futebol português.

O CM apurou que os investigadores da Judiciária estão a analisar o conteúdo das mensagens trocadas entre Pedro Guerra, diretor de conteúdos da Benfica TV, e Paulo Gonçalves, assessor jurídico do clube com pessoas como Adão Mendes, antigo árbitro, o ex-delegado da liga Nuno Cabral, o antigo presdente da Liga Mário Figueiredo e outras personalidades ligadas à arbitragem. 

Nas conversas, são referidos pelo menos oito árbitros que apitaram jogos do Benfica.

O caso tem por base as denúncias de Francisco J. Marques, diretor de comunicação do FC Porto, no Porto Canal. O CM revelou na sua edição desta quinta-feira o conteúdo de várias mensagens trocadas entre os protagonistas deste caso.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)