Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

Ciclista russo surpreende

Alemão Pfingsten chegou integrado no pelotão e manteve a camisola amarela.
9 de Agosto de 2013 às 01:00
Serov, à esquerda, bateu toda a concorrência em Aveiro
Serov, à esquerda, bateu toda a concorrência em Aveiro

Alexander Serov (Rusvelo) venceu ontem ao sprint a 1ª etapa da Volta a Portugal, batendo, ao sprint, Maxime Daniel (Sojasun) e o favorito Manuel Cardoso (Caja Rural). Christoph Pfingsten (Rijke-Shanks) chegou integrado no pelotão e manteve a amarela.

"A equipa trabalhou muito, mas um engano a 5 km da meta obrigou-me a trabalhar imenso. Fiz um enorme esforço no final e infelizmente não consegui chegar ao vencedor", disse Manuel Cardoso no final, garantindo que vai voltar à carga para tentar vencer etapas: "A Volta só agora começou."

A tirada de ontem ficou marcada por uma longa (120 km) fuga de dois ciclistas: Adrian Lopez (Onda) e Walter SIlva (Carmin). A escapada chegou mesmo a ter uma vantagem de 15 minutos, mas o pelotão não permitiu que chegasse ao fim, muito por culpa do trabalho das equipas Efapel e Caja Rural.

Já dentro de Aveiro, o russo Serov surpreendeu o pelotão quase na última curva e ganhou vantagem suficiente para obter "uma das mais importantes vitórias da carreira".

Na frente da corrida não houve surpresas com o alemão Pfingsten a manter a liderança da prova.

Hoje a Volta regressa ao Alto Minho numa tirada entre Oliveira de Azeméis e Viana do Castelo. A chegada coincide com uma prémio de montanha de 3 ª categoria onde os favoritos podem marcar posição no ataque à camisola amarela.

Volta a Portugal bicicleta alexander serov sprint Christoph Pfingten Manuel Cardoso Aveiro
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)