Fernando Madureira diz que claque do FC Porto estava a "passear no shopping"

Líder dos Super Dragões garante que visita à Loja do Benfica não foi concertada.
13.10.18
A presença de um grupo de cerca de 20 adeptos do FC Porto junto à loja do Benfica no Marshopping, em Matosinhos, de onde se destaca o nome de Fernando Madureira, líder dos Super Dragões, levou cerca de nove elementos da PSP a deslocarem-se àquele espaço comercial.

Em declarações ao jornal Record, o chefe da claque azul e branca confirmou ter estado presente e referiu que não entende as razões que motivaram a chamada do corpo policial, uma vez que, segundo o próprio, "não se passou nada". "Ninguém partiu nada, ninguém agrediu ninguém, podem perguntar a quem lá esteve. Temos o direito a passear num centro comercial, não é proibido", começou por dizer, garantindo, de seguida, que esta não foi uma ação concertada. "Foi uma situação circunstancial, estamos no Porto, a nossa cidade, é normal passearmos no shopping", acrescentou.

Sobre as razões que motivaram a ida do referido grupo de adeptos à recém-inaugurada loja do rival, Fernando Madureira apontou que aquele é um espaço muito frequentado por elementos afetos à claque. "Paramos muitas vezes naquele centro comercial. Há muita gente dos Super Dragões a trabalhar lá e a passear ali. Foi tudo normal", concluiu.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!