Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

GIL VICENTE REGRESSA AO TRABALHO

O Gil Vicente regressou ontem aos trabalhos com a expectativa em alta. A primeira equipa da SuperLiga a apresentar-se para a época 2003-2004 não se contenta com a manutenção e quer lutar pela UEFA. O novo presidente gilista, Abílio Martins, até fala em ambição pelo 1.º lugar.
3 de Julho de 2003 às 00:00
Paulo Alves
Paulo Alves FOTO: CM
O treinador Mário Reis (que substitui Vítor Oliveira) garantiu que a direcção pediu a permanência, mas reconheceu que esse objectivo "pode já ser demasiado modesto". O 5.º lugar será "muito bom", mas "subir ainda mais alguns lugares será óptimo". Para isso, valoriza o facto de estar num clube estável, que lhe permitiu trabalhar atempadamente um plantel de 26 jogadores, alicerçado nos elementos da época passada (com destaque para Paulo Alves) e reforçado por sete novos atletas. "É uma equipa bastante equilibrada, com potencial e qualidade", assegurou Mário Reis, que não vai contar com o trinco Luís Loureiro - cujo destino está a ser tratado pelo empresário Manuel Barbosa.
PLANTEL
Guarda-redes: Paulo Jorge, Adriano e Vítor;
Defesas: Joca, Ferreira, Ivo, Gaspar, Nunes, Marcos António, Hugo Luz, Nuno Amaro e Mirra;
Médios: Baraima, Joca, Luís Coentrão, Casquilha, Bito’o, Rodri, Rui Figueiredo e Edinho
Avançados: Lary, Duah, André, Ferreira, Paulo Alves e Nandinho
Entradas: Ferreira, Marcos António, Hugo Luz e Joca (FC Porto), Mirra (Vizela), Edinho (Colatina, Brasil) e Ferreira (Beira-Mar)
Saídas: Manoel, Rui Guerreiro, Ali (Boavista), Marco Nuno, Dário, Pinheiro, Geraldo e Luís Loureiro
À experiência: Fábio Januário (Colatina, Brasil)
Ver comentários