Justiça no último minuto com um autogolo

Um autogolo do defesa pacense Geraldo deu ontem ao Sporting de Braga os primeiros três pontos da época. A ‘benesse’, que surgiu no último minuto, acabou por colocar justiça no marcador, pois os arsenalistas fizeram por merecer a vitória.
27.08.06
  • partilhe
  • 0
  • +
Justiça no último minuto com um autogolo
Luís Filipe e Cristiano em acção
Nos primeiros 45 minutos sinal mais para o Braga, que jogou em ataque continuado, mas sem grandes jogadas de perigo e oportunidades de golo. O Paços de Ferreira foi espreitando o contra-atque, e aos dez minutos Didi podia ter feito o primeiro da partida, quando, aproveitando uma perda de bola de Nem na zona defensicva se isolou e quis servir um companheiro na esquerda em vez de rematar à baliza de Paulo Santos. De resto, o destaque do primeiro tempo foi João Pinto, reforço dos bracarenses, que correu praticamente o campo todo, executando passes de boa qualidade e foi o homem das bolas paradas.
O momento em que Carlos Carvalhal decidiu tirar o defesa Carlos Fernandes por troca com o extremo-esquerdo Cesinha, aos 68 minutos, foi determinante. Daí a pouco o Braga marcou, numa jogada iniciada em João Pinto, seguida por Cesinha e finalizada por Zé Carlos.
Os da casa foram à procura do segundo golo mas numa jogada de contra-ataqte o Paços é que marcou, por Roony (um remate fantástico) que tinha acabado de entrar em campo. A correr contra o tempo , o Sporting de Braga chegou à vitória já no último minuto, quando Geraldo desviou a bola para dentro da própria baliza após um pontapé de canto marcado por João Pinto.
FICHA DE JOGO
Local: Estádio Municipal de Braga (Espectadores: 13 000)
Árbitro: Elmano Santos
SP. BRAGA: Paulos Santos, Luís Filipe, Paulo Jorge, Nem, Carlos Fernandes (Cesinha 68’), Madrid, Ricardo Chaves (Matheus 85’), João Pinto, Maciel, Wender (Castanheira 79’), Zé Carlos. Treinador: Carlos Carvalhal
P. FERREIRA: Peçanha, Mangualde, Geraldo, Luís Carlos, Fredy, Elias, Paulo Sousa, Dani, Cristiano (Pedrinha 60’), Edson (Ronny 80’), Didi. Treinador: José Mota
Golos: 1-0, Zé Carlos (72’); 1-1, Ronny (81’); 2-1, Geraldo (p.b. 90’)
Acção disciplinar: Amarelos: Cristiano (28’), João Pinto (29’), DIdi (31’), Nem (35’), Elias (42’ e 54’) e Matheus (89’). Vermelhos: Elias (54’)
Melhor jogador: João Pinto

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!