Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

POSTIGA ENTRE DOIS AMORES

O destino por vezes prega valentes partidas. Que o diga Hélder Postiga, que amanhã vai defrontar nas Antas o seu Varzim, clube onde nasceu para o futebol, em partida dos quartos-de-final da Taça de Portugal. O avançado do FC Porto é sócio do clube poveiro, tal como a sua mãe Alice e o pai Manuel, que já completou vinte e cinco anos de associado.
7 de Março de 2003 às 00:00
"Estando o meu filho a jogar, quero sempre que o FC Porto ganhe" garante dona Alice ao CM. Nas Caxinas, bairro piscatório de Vila do Conde onde Postiga cresceu, existe unanimidade em torno do melhor avançado português da actualidade. Ao ponto de "lagartos" e "lampiões" não se importarem que Hélder marque… desde que o FC Porto perca. Dona Alice não esconde que, desde muito cedo, o filho encontrou no futebol a sua grande paixão, ao que não é alheio o facto de o pai ter jogado nos juvenis e juniores do Varzim. E só não prosseguiu a carreira porque os pais entendiam que "os jogadores de futebol eram todos insurrectos e vadios".

PALMADAS DO AGRICULTOR

Aos oito anos, Hélder foi treinar ao Rio Ave. Mas para chegar ao estádio dos Arcos era preciso atravessar um campo agrícola, o que não era muito bem aceite pelo seu proprietário. "Como tinha apenas oito anos, ficou para trás quando os outros fugiram e acabou por levar umas palmadas do agricultor", explicou Manuel, sustentando que o filho nunca mais se aventurou para aqueles lados.

"A partir daí prometi-lhe: se queres jogar vais para o Varzim, que eu falo com o meu amigo Ruben". Manuel Postiga recorda que na estreia pelo Varzim substituiu um colega na posição de... lateral esquerdo. Mas cedo se tornou o número 10.

EXPULSO PELO ... 'MARICAS'

No primeiro 'derby' com o Rio Ave, Postiga, farto de levar porrada – do lado dos vila-condenses jogavam os colegas de rua e escola – foi expulso após chamar maricas ao árbitro, que deixou passar em claro um penálti. Um castigo que quase o faria deixar o futebol. Esteve 15 dias sem treinar, mas depois o treinador Cacheira convenceu-o a regressar. E veio o salto para as Antas. De início, o pai não queria: "Só tinha 12 anos. Ficou assente que viria a casa todos os dias".

O salto não o modificou, tanto mais que Hélder nunca conviveu bem com a notoriedade. Alice recorda que quando, ainda juvenil, aos domingos eram obrigados a ir mais tarde para o restaurante porque não queria aparecer com o fato de treino do FC Porto e ia primeiro a casa trocar de roupa. "É uma pessoa envergonhada. Nunca gostou de se expor", sugere dona Alice. Há por aí guarda-redes que não devem concordar...

RUBEN, O PRIMEIRO TREINADOR

Ruben Cunha, antigo futebolista poveiro, que também passou por Belenenses e Leixões, foi o primeiro treinador de Postiga nos infantis do Varzim. "Já na altura via-se que o miúdo possuía um nível técnico acima do normal. Tinha muita maturidade e prazer no que fazia", garante. O técnico recorda que o agora futebolista do FC Porto jogava como "falso ponta-de-lança" e já demonstrava uma grande apetência para o golo.

Ruben Cunha recorda um torneio realizado em Viana do Castelo e no qual participaram Vianense, FC Porto e Varzim. Um torneio ganho pelos poveiros com um golo de Postiga, num tento que na altura já foi considerado de... antologia: "Julgo que foi a partir daí que surgiu a cobiça pelo miúdo".

PESCA, BILHAR E DVD

O pai de Hélder Postiga sustenta que os amigos continuam a ser os mesmos e a vida de Hélder não se alterou em nada com a ida para o FC Porto. "Passa o tempo em casa, a jogar bilhar e a ver DVD", explica Manuel Postiga, que apenas no Verão tem a companhia do filho na faina da sardinha.

"Desde os 8, 10 anos que vai sempre à pesca. Apenas no Verão passado não foi", recorda o orgulhoso progenitor, pescador de profissão e patrão do barco “Mar Cáspio”. Manuel conta também que o filho gosta de tirar fotografias para mostrar aos seus amigos do futebol. Uma paixão pela fotografia que coexiste com o gosto pelo desenho, tal como acontece com a irmã mais velha, que é enfermeira no Hospital da Póvoa.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)