Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

“Será uma injustiça se for Messi a ganhar”

No mesmo dia em que o Manchester United empatou (1-1) em Liverpool com o Everton, Cristiano Ronaldo prosseguiu a sua ofensiva, fora dos relvados, rumo à conquista do título de Melhor Jogador do Mundo.

26 de Outubro de 2008 às 00:30
Cristiano Ronaldo esteve longe do seu melhor e falhou uma boa ocasião de golo a três minutos do final
Cristiano Ronaldo esteve longe do seu melhor e falhou uma boa ocasião de golo a três minutos do final FOTO: Steve Woods, EPA

Um dia depois de ter dito ao jornal ‘Corriere dello Sport’ que ninguém merece mais do que ele mesmo a Bola de Ouro, prémio para o melhor jogador do planeta, Ronaldo, agora nas páginas do diário espanhol ‘Marca’, joga ainda mais forte. "Messi é um grande jogador, tem um talento enorme, mas seria injusto se fosse ele a ganhar o prémio."

Ronaldo nunca se tinha referido assim à concorrência. A poucas semanas da data (8 de Dezembro) do aguardado anúncio – na verdade são dois, o da FIFA e o da revista ‘France Football’ – Ronaldo volta a relembrar tudo o que ganhou na época passada e conclui: "A história diz que quem ganha os grandes troféus é quem conquista os títulos. Nesse sentido, não sei que poderia ter feito mais na temporada anterior. Se não ganho agora, que mais terei de fazer? Marcar mais de cem golos num ano?"

O internacional português voltou a abordar as razões de um fraco Europeu – a lesão que o obrigou a parar – e revela que ainda não se encontra totalmente restabelecido. "Talvez dentro de três ou quatro jogos já esteja ao meu melhor nível físico e mental."

Sobre os objectivos para a época, Ronaldo quer repetir a presença na final da Liga dos Campeões. "Gostaria de jogar a final contra o Real Madrid ou contra o Inter de Milão. Nunca joguei contra nenhuma dessas equipas e seria uma experiência bonita." Em Inglaterra, o jogador do Manchester diz que o Chelsea é o principal adversário.

Na Premier League, todavia, as coisas não estão fáceis. O Manchester United não foi ontem além de um empate no terreno do Everton, num jogo em que Ronaldo esteve longe do seu melhor. Com o resultado em 1-1, falhou o 2-1 a três minutos do apito final, quando tinha tudo para fazer melhor, após passe de Nani (que entrara para o lugar de Rooney). O United marcou primeiro, por Fletcher e o Everton (com Nuno Valente no banco de suplentes) empatou por Fellaini.

JOGO GRANDE

CHELSEA-LIVERPOOL

Chelsea e Liverpool defrontam-se hoje em Stamford Bridge, no jogo grande da 9.ª Jornada da Permeir League. As duas equipas segue na frente, ambas com 20 pontos.

BLUES DESFALCADOS

Luiz Felipe Scolari não conta para o jogo com o Liverpool com Ballack, Drogba e Essien, todos lesionados. Joe Cole e Asley Cole estão em dúvida, tal como Torres e Keane, nos reds.

 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)