Sporting cresceu e já sabe sofrer

A maior parte dos jogos começa com o apito do árbitro. Este arrancou com um golo. Corrida de Abel, bom movimento de Postiga, Sporting líder. Em casa, Jesus não precisou de muito tempo para ver a sua equipa encaixar o primeiro.
02.09.08
  • partilhe
  • 0
  • +
Sporting cresceu e já sabe sofrer
Sportinguista Izmailov e bracarense Alan lutam pela posse de bola Foto Miguel Vidal / Reuters

O Sp. Braga entrou coxo à esquerda, com Matheus mal e Evaldo sem perceber os movimentos de Derlei e Rochemback. Daí o golo. Montadas em sistemas semelhantes, as equipas ajustaram-se nos minutos seguintes. E assim andaram até ao intervalo. Quando alguém escapava, falta. Com Bruno Paixão já se sabe que qualquer contacto é boa desculpa para usar o apito. Por isso passou--se mais tempo a olhar para futebolistas no chão do que a somar oportunidades. Boas jogadas? A do golo, pois, e outra (44’) quando um cruzamento de Alan encontrou a cabeça de Linz. Ao lado.

Um bom jogo de campeonato? Retire o bom e acrescente português e terá uma síntese no final dos primeiros 45 minutos. Jesus acalmou a equipa ao intervalo. A ideia era fazer melhor, mais devagar. Só beneficiou o Sporting. O talento de Romagnoli apareceu e nem a evidente substituição de Matheus fez subir os minhotos. Os leões respiraram bem até aos 66’. Por essa altura Paulo Bento mandou recuar. Quer dizer, não terá exactamente mandado, mas foi o sentido da troca: Romagnoli, agora que estava bem, por Miguel Veloso.

João Moutinho foi para ‘10’, mas o Sporting não tinha bola na frente. Chegara a altura de resistir. Pura ilusão, travada pela astúcia do Sporting. Até ao final, Jesus só somou decepções. Este Braga, tal como está, ainda se encontra longe de poder discutir com os grandes. Já o Sporting soube sofrer para guardar o golo cedo conseguido. E assim ficou líder.

POSITIVO: O JOGO DOS LATERAIS

O sistema das duas equipas deixa espaço nas alas para os centrais. Grimi não teve arte para o aproveitar, mas Abel, João Pereira (descontando a agressão) e Evaldo estiveram entre os melhores.

NEGATIVO: POUCO TALENTO

Matheus foi a decepção de um jogo que não esteve bom para o talento. Rochemback sobressaiu a defender, Alan em apenas um ou outro momento e até Romagnoli saiu quando finalmente estava a descobrir espaço. A noite foi de luta.

ARBITRAGEM: : FOI NA ONDA

Bruno Paixão gosta de apitar. Ao mostrar cedo o amarelo marcou o tom do jogo. Soprou de mais no apito? Sim. Foi a sua forma de não cometer erros. Muito bem no vermelho para João Pereira.

APONTAMENTO

PINTO DA COSTA EM BRAGA

Pinto da Costa, líder do FCPorto, assistiu ontem ao jogo na tribuna VIP na companhia da sua esposa Filomena.

FICHA DE JOGO

LIGA - 2.ª Jornada - 01/09/08

Estádio Municipal de Braga - Assistência: 20 000

Golos: 0-1 Postiga (3 m)

SP. BRAGA:  Eduardo , João Pereira , Moisés , Rodriguez , Evaldo , Frechaut , Matheus  (C. Peixoto, 57 m) , Alan , Luis Aguia (Mossoró, 66 m), Linz , Meyong  (Rentería, 66 m) . Treinador: Jorge Jesus

SPORTING: Rui Patrício , Abel , Tonel , Caneira , Grimi , João Moutinho , Izmailov , Rochemback , Romagnoli  (Veloso, 66 m) , Derlei (Vukcevic, 85 m) , Postiga (Tiuí, 56 m) ,  Treinador: Paulo Bento.

Árbitro: Bruno Paixão (Setúbal)

Disciplina: AMARELOS: Luis Aguiar (4 m), Grimi (9 m), Evaldo (22 m), Postiga (36 m), Abel (38 m), João Moutinho (52 m), João Pereira (62 m), Moisés (72 m), Miguel Veloso (80 m), César Peixoto (88 m). VERMELHOS: João Pereira (84 m).

 

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!