Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

Benfica renasce da crise

Cervi e Jonas apontaram os tentos da vitória dos encarnados que terminou com um ciclo de dois jogos sem vencer no campeonato.
Mário Figueiredo 24 de Setembro de 2017 às 10:00
Cervi, autor do primeiro golo
Rui Vitória
Jonas
Zivkovic
Cervi, autor do primeiro golo
Rui Vitória
Jonas
Zivkovic
Cervi, autor do primeiro golo
Rui Vitória
Jonas
Zivkovic
Uma entrada de rompante permitiu este sábado ao Benfica derrotar o P. Ferreira, por 2-0, e afastar o cenário de crise que tem pairado sobre a equipa.

A formação de Rui Vitória entrou com tudo. Possivelmente beneficiando do tónico que foi o empate do Sporting com o Moreirense (1-1) que permitiu às águias reduzirem a diferença para três pontos. O FC Porto, lá em cima, lidera agora isolado a classificação com cinco pontos de vantagem sobre as águias e dois sobre os leões.

O arranque do Benfica foi avassalador. Um verdadeiro tsunami para a área pacense que lutava como podia para adiar o inevitável. Nos primeiros 20 minutos, marcou um golo e atirou três bolas aos ferros. Mas já lá vamos.

A principal novidade no onze foi a entrada de Júlio César. O veterano de 38 anos substituiu Varela, que tinha dado um frango na derrota com o Boavista (2-1). O regresso de Fejsa ao onze foi decisivo.

O Benfica entrou forte e Grimaldo deu o primeiro sinal de perigo com um remate ao poste (9') na sequência de um livre. Depois, aos 17', foi a vez de Jonas culminar uma boa jogada da equipa com novo remate ao poste. Adivinhava-se o golo e esse chegou aos 20' por Cervi. O festival do Benfica continuava e Seferovic com um cruzamento- -remate levou a bola à trave.

A etapa complementar foi disputada num ritmo mais baixo. O Paços nunca conseguiu criar lances de perigo e continuou o domínio do Benfica. O golo de Jonas (62') veio acabar com o sonho pacense. Assistiu-se então a vários golos desperdiçados por Pizzi, Krovinovic e Jiménez. Triunfo justo.

"Ganhar alimenta o estado de espírito" 
"Este jogo tem de ser analisado em duas vertentes: pelo que fizemos e pelo que não deixámos o adversário fazer. Tivemos muitas oportunidades e tivemos oportunidades para fazer mais. Já fizemos várias exibições de qualidade, esta foi muito conseguida, com ritmo alto ao longo do jogo", disse Rui Vitória depois de ontem ver o Benfica somar três pontos importantes na Luz, na receção ao Paços de Ferreira.

Confrontado com o momento que a equipa atravessa, o técnico salientou: "Ganhar é importante, trabalhar em cima de vitórias é importante, mas os jogadores têm tido um comportamento fantástico. Ganhar alimenta mais o estado de espírito."
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)