Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

Benfica: três em risco para o dérbi

Sanches, Jardel e André Almeida em risco para ir a Alvalade.
Marco Ferreira 28 de Fevereiro de 2016 às 01:45
Rui Vitória recusa pensar no dérbi com o Sporting e lembra que União tirou pontos
Rui Vitória recusa pensar no dérbi com o Sporting e lembra que União tirou pontos FOTO: Paulo Calado
Jardel, André Almeida e Renato Sanches estão em risco de falhar o dérbi frente ao Sporting, se virem mais um cartão amarelo na Liga. Apesar disso, Rui Vitória, treinador do Benfica, vai arriscar a utilização de Jardel e Sanches no onze titular no jogo frente ao U. Madeira, que se realiza amanhã.

"Temos uma equipa que tem sabido comportar-se dentro do campo, sabendo o que fazer em cada momento. Os jogadores saberão quando podem ou não fazer uma falta", afirmou o técnico do clube da Luz. Nem o facto de Cosme Machado, árbitro de Braga nomeado para a partida, ter demonstrado um critério apertado (19 cartões amarelos e dois vermelhos) nos últimos dois jogos que realizou na Liga faz Vitória recuar: "Não estou nada preocupado com o árbitro. Se nos vamos preocupar com coisas que não conseguimos controlar, são energias gastas. Em termos disciplinares temos sido exemplares."

O técnico das águias recusou abordar o dérbi da próxima jornada frente ao Sporting e lembrou que o Benfica empatou na Madeira frente ao União (0-0, 1ª volta do campeonato, 15 de dezembro). "Só pensando no jogo de amanhã é que vamos conseguir o que queremos. Se não ganharmos, nada feito. Longe de mim pensar o contrário. O União criou-nos muitas dificuldades na 1ª volta. É uma equipa que defende bem. Esperamos um jogo difícil", sublinhou o técnico, de 45 anos.

Desde a partida frente aos insulares o Benfica ganhou nove dos dez jogos que fez na Liga. Questionado sobre o que mudou desde então, Rui Vitória respondeu: "O trabalho foi dando os seus frutos porque o tempo ajuda a que as coisas fiquem mais estáveis e os resultados comecem a aparecer."

Vento muito forte não permitiu voos e adiou encontro para segunda-feira
O União da Madeira não conseguiu ontem voar para Lisboa devido aos ventos fortes que se faziam sentir no Funchal. Só este domingo (13h20) a formação insular viaja para o continente. Como tal, a partida frente ao Benfica foi adiada para amanhã, às 19h45. Filipe Silva, presidente do União da Madeira, disse ao CM que os dois clubes chegaram facilmente a um entendimento quanto à data da partida e que coube à Liga de Clubes marcar a hora do pontapé de saída.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)