Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

Dragão tenta segurar euforia

Resultado do Benfica facilita contas. Conceição elogia o adversário, mas não quer medo do bicho-papão.
Sérgio Pereira Cardoso 29 de Abril de 2018 às 01:30
Sérgio Conceição saudado por adeptos do FC Porto na Madeira
Treino do FC Porto
Marega, avançado maliano, tem sido fundamental na boa campanha do FC Porto na Liga, somando 21 golos em 26 jogos
Sérgio Conceição saudado por adeptos do FC Porto na Madeira
Treino do FC Porto
Marega, avançado maliano, tem sido fundamental na boa campanha do FC Porto na Liga, somando 21 golos em 26 jogos
Sérgio Conceição saudado por adeptos do FC Porto na Madeira
Treino do FC Porto
Marega, avançado maliano, tem sido fundamental na boa campanha do FC Porto na Liga, somando 21 golos em 26 jogos
Com o resultado do Benfica, o FC Porto pode dar este domingo um passo decisivo para o título, na Madeira, mas os responsáveis portistas tentam controlar qualquer resquício de euforia no plantel, antes da visita a um local onde o FC Porto não vence há seis anos.

Horas antes dos jogos dos rivais, Conceição lançou o desafio. "Temos de estar preparados para um jogo de dificuldade máxima diante de uma equipa de qualidade, principalmente em casa, mas não podemos fazer disso um bicho-papão, porque isto é futebol. Nem a estatística nem a história jogam os 90 minutos", referiu Sérgio Conceição. "Os jogos são sempre decisivos, não podemos dizer que este o é se depois perdermos os outros. Queremos ganhar os nove pontos que faltam", frisou o treinador.

Sobre novas denúncias anónimas de aliciamento a jogadores e a eventual ligação ao Benfica, Conceição desvalorizou. "Não dou importância. O guarda-redes que comprámos ao Marítimo foi o José Sá, que está pago", respondeu. "É tão visível. Estas situações são como a história ‘Pedro e o Lobo’. Já ninguém acredita", acrescentou.

Olhando para a tabela, o técnico entende que os dragões podiam ter mais pontos, devido a erros de árbitros, salientando, ainda assim, a competitividade positiva no topo da Liga.

Daniel Ramos: "Marítimo tem de ir ao limite"
"Para vencer o FC Porto, o Marítimo tem de estar no máximo. Tem de se transcender,  andar no limite e procurar contrariar a natural motivação do FC Porto", disse ontem Daniel Ramos, treinador da equipa do Marítimo.

Multidão a pedir o título 
Milhares em êxtase no Dragão e nos dois aeroportos 
Um banho de multidão. O FC Porto saiu, ontem ao início da tarde, rumo ao aeroporto do Porto ‘abraçado’ por milhares de adeptos que se juntaram no Estádio do Dragão. Jogadores e equipa técnica saíram para cumprimentar o ‘mar azul’.
"Ó Conceição, faz do Porto campeão", cantou-se, entre muitos outros incentivos numa ‘escolta’ muito especial que contou até com a presença de diversos motards. O cenário de apoio repetiu-se no aeroporto do Porto e à chegada, no aeroporto da Madeira, no qual a equipa aterrou a meio da tarde.

Os 21 jogadores convocados por Sérgio Conceição aproveitaram para colocar vídeos e fotografias do ‘mar azul’ nas respetivas contas das redes sociais. "Saída do Dragão para o Aeroporto. Não se explica. Sente- -se", escreveu Iker Casillas, no Twitter, com uma foto da multidão. Hoje, nas bancadas, podem ser quatro mil os portistas no jogo dos Barreiros..
Dragão FC Porto Madeira Sérgio Conceição José Sá Estádio do Dragão Porto marítimo jogo madeira
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)