Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
8

ASAE apanha ‘gato por lebre’

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) decretou 23 suspensões de actividade no Algarve, sobretudo na restauração e na hotelaria, desde o passado dia 1 de Junho. Esta semana deteve responsáveis por restaurantes em Albufeira, por venderem ‘gato por lebre’.
23 de Julho de 2010 às 00:30
Pelo menos três pessoas detidas em dois restaurantes num único dia, terça-feira desta semana
Pelo menos três pessoas detidas em dois restaurantes num único dia, terça-feira desta semana FOTO: getty images

O CM apurou que, anteontem, foram detidas quatro pessoas em quatro restaurantes em Albufeira. O Ministério da Economia confirmou apenas que "no dia 20 de Julho (terça-feira) foram efectuadas 3 detenções em 2 restaurantes de Albufeira, por fraude sobre mercadorias".

O crime de fraude sobre mercadoria caracteriza-se pela prática de anunciar determinado ingrediente na ementa e vender outro diferente, habitualmente, de categoria inferior. Trata-se de um crime sujeito a prisão até um ano, ou pena de multa.

Também esta semana, a ASAE suspendeu a actividade de uma unidade hoteleira, por falta de qualidade da água canalizada.

O Ministério da Economia confirma esta suspensão, num total de 23 no Algarve em sete semanas. Além dessa estão contabilizadas outras quatro suspensões em hotéis, por prática comercial desleal, mais quatro em bares/cafés e num carrossel, por falta de licenciamento, e outras 14 em restaurantes, pastelarias, bares e cafés, por falta de higiene.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)